Ministro da Ciência e Tecnologia visita Aintec nesta quinta-feira (7)

Ministro da Ciência e Tecnologia visita Aintec nesta quinta-feira (7)

Paulo Alvim deve chegar à Agência à tarde para conhecer a estrutura do espaço e parte do trabalho desenvolvido pela equipe.

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Paulo Alvim, visitará a Agência de Inovação Tecnológica (Aintec) da UEL, nesta quinta-feira (7), para conhecer um pouco do trabalho da Universidade, a partir da nova Política de Inovação aprovada em setembro do ano passado. A visita está agendada para a partir das 13h30, na sede da Aintec, no Campus, quando está prevista uma reunião com pesquisadores e representantes de startups e empresas incubadas. Durante o encontro o ministro também vai conhecer um pouco da estrutura da UEL para o desenvolvimento de pesquisas com foco na inovação.

Paulo Alvim esteve em Londrina no último dia 23 de junho quando conheceu parte do trabalho desenvolvido na cidade para o desenvolvimento de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC). Neste retorno, ele vai ver de perto a estrutura da UEL para o desenvolvimento de projetos de inovação.

No final do ano passado, a Aintec ganhou um reforço na sua equipe para alavancar o trabalho de inovação. Dois professores passaram a cumprir parte da carga horária na Agência. O objetivo foi melhorar as ações ligadas aos acordos de transferência e licenciamento de tecnologia e para normatizar a gestão da propriedade intelectual e da transferência de tecnologia. Este ano a Agência ganhou estrutura nova, depois de uma reforma do prédio que recebeu pintura e melhoria nas instalações. A reforma foi feita com recursos custeados pela Construtora A Yoshii, de Londrina.

Inovação

No ano passado, o Conselho Universitário aprovou a Política de Inovação da UEL, documento que representa uma ferramenta importante para a proteção da propriedade intelectual e possibilita a prestação de serviço técnico especializado e de extensão tecnológica, além de criar regras para uso e compartilhamento de infraestrutura e de recursos humanos.

Na época da aprovação, a Administração da UEL classificou a Política de Inovação como um instrumento necessário para colocar a universidade em consonância com as demandas da comunidade científica, mais atuante no desenvolvimento social e econômico. Com a aprovação da política, a Universidade passou a contar com dois instrumentos para controle de ciência, tecnologia e de inovação: a Aintec e a própria política.

vestibular UEL 2023 inscrição
vestibular UEL 2023 inscrição
Vestibular-2023-uel
Vestibular-2023-uel
previous arrow
next arrow
Leia também