Projeto de Medicina Veterinária é contemplado pela segunda vez com recursos da Capes

Projeto de Medicina Veterinária é contemplado pela segunda vez com recursos da Capes

Sob coordenação do professor e pesquisador, Amauri Alfieri, e pró-reitor de pesquisa e Pós-graduação da UEL.

O projeto “Aspectos epidemiológicos da infecção por SARS-CoV-2 em animais (domiciliados e silvestres) com abordagem em saúde única”, coordenado pelo professor Amauri Alcindo Alfieri, Departamento de Medicina Veterinária Preventiva, do Centro de Ciências Agrárias (CCA), e pró-reitor de pesquisa e Pós-graduação da UEL, foi contemplado pela segunda vez por um edital da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

A primeira foi divulgada em 25 de junho, para Seleção Emergencial do Programa Estratégico Emergencial de Combate a Surtos, Endemias, Epidemias e Pandemias “CAPES – Fármacos e Imunologia”. Na época, foi uma das duas propostas aprovadas pela UEL, entre 38 no total , conforme matéria veiculada pela Agência UEL – LEIA.

Depois, o projeto foi contemplado dentro do Edital 11/2020, no mesmo Programa da CAPES. O objetivo geral deste segundo Edital era apoiar projetos de pesquisa científica e tecnológica e a formação de recursos humanos altamente qualificados, no âmbito dos Programas de Pós-Graduação stricto sensu, voltados exclusivamente ao combate à pandemia da COVID-19, com foco no estudo de fármacos, vacinas, produtos imunológicos e temas correlatos.

Pró-reitor de pesquisa e Pós-graduação da UEL, professor e pesquisador Amauri Alfieri (FOTO: Arquivo/COM/UEL)

O Edital previa investimento de até R$ 25.844.000,00 (vinte e cinco milhões e oitocentos e quarenta e quatro mil reais), investidos em um total de até 350 bolsas a serem distribuídas, sendo 10 por projeto. Além disso, um investimento total de R$ 3.500.000,00 (três milhões e quinhentos mil reais), em recursos de custeio, sendo cada projeto aprovado contemplado com um valor máximo de R$ 100.000,00 (cem mil reais).

Recursos – O projeto coordenado pelo professor Amauri Alfieri receberá o valor máximo de 100 mil reais para custeio, mais R$ 355.200,00 (trezentos e cinquenta e cinco mil e duzentos reais) para bolsas de Doutorado e Pós-Doutorado, num total R$ 455.200,00. O projeto tem como objetivo estudar a participação de animais domiciliados e silvestres na cadeia epidemiológica do SARS-CoV-2, ou seja, no processo de propagação da doença, dentro do contexto da abordagem em saúde única, que leva em conta as relações entre saúde humana, animal e ambiental, além de predizer e validar in vitro novos fármacos capazes de inibir pontos importantes da infecção das células pelo vírus.

(FOTO: Ilustrativa/Pixabay).

banner mestrado
banner-03
previous arrow
next arrow
Leia também