Livro destaca reflexões didáticas em práticas educativas com uso de tecnologias

Livro destaca reflexões didáticas em práticas educativas com uso de tecnologias

Lançamento reúne 20 artigos de mais de 40 pesquisadores de 18 universidades brasileiras.

José de Arimathéia

Agência UEL


“Não é possível separar educação de tecnologias”. A sentença está na Apresentação do livro “Reflexões e experiências didáticas com tecnologias digitais” (Editora Madrepérola, 2020) e sintetiza o conteúdo da obra, que reúne 20 artigos de mais de 40 pesquisadores de 18 universidades brasileiras. São relatos e discussões sobre a atuação em sala de aula, envolvendo temas como o próprio acesso à tecnologia, produção de conhecimento, educação online, interatividade, letramento digital, ensino de Arte de de língua inglesa, jogos digitais e o uso de podcasts e whatsapp no processo de ensino e aprendizagem.

(Divulgação)

A obra se destina ao debate acerca de tecnologias digitais utilizadas nas escolas, cenários de aprendizagem por essência. Cabe destacar que a abordagem didática enfatiza as práticas educativas, ou seja, o dia a dia do ensino e do desenvolvimento de projetos educativos em sala de aula. Além de discutir Didática e a aplicabilidade dos recursos tecnológicos, os artigos não pensam a tecnologia apenas como ferramenta, mas como elemento integrado ao processo de ensino e aprendizagem.

Visibilidade – Para a professora Diene Eire de Mello, Departamento de Educação, do Centro de Educação, Comunicação e Artes (CECA), organizadora do livro e coautora de um dos capítulos, muitas boas iniciativas são desenvolvidas nas escolas, mas faltam visibilidade e divulgação destes trabalhos. Vários se tornam objeto de pesquisa nos Programas de Mestrado e Doutorado do país, mas ainda assim a visibilidade é restrita. Como a professora integra uma rede de pesquisadores de Educação e Comunicação e a troca de ideias é constante, Diene convidou colegas para escrever sobre o que as escolas fazem de bom nesta área pelo país afora, apesar das dificuldades como falta de acesso e formação de professores falha.

Diene lembra que não se trata apenas de levar a tecnologia à sala de aula, mas utilizá-la da forma mais adequada, ou seja, integrada às práticas, explorando todo o potencial que oferece. Só assim, segundo ela, o ensino se torna mais efetivo e faz valer o investimento.

O livro foi publicado em formato digital e está disponível gratuitamente. Isto faz parte da política de publicação de Diene, para democratizar o acesso à produção de conhecimento. De fato, ela lembra que alguns professores de estados nordestinos já se manifestaram, informando que estão usando a obra em estudos e práticas de ensino.

DIDATIC – A professora Diene é ainda uma das coordenadoras do projeto DidaTIC, que trabalha com o uso de tecnologia na Educação e que, durante a pandemia, assessorou e capacitou professores para as atividades remotas. O site do projeto DidaTIC traz uma série de materiais de apoio, sugestão de leituras, textos e vídeos sobre o trabalho no período de pandemia, eventos e outras informações.

especializaçao pos uel
isenção vestibular uel
especializacao-uel-2022
isencao-vestibular-uel-2023
previous arrow
next arrow
Leia também