Cine PET Educação Física ocorre nesta terça-feira (14)

Cine PET Educação Física ocorre nesta terça-feira (14)

Evento é realizado por estudantes do PET de Educação Física, das 14h às 17h30. Filme exibido será "Ponto de Mutação" (1990)

Isabella Abrão*

Agência UEL


O grupo PET Educação Física da UEL promove, nesta terça-feira (14), o Cine PET Educação Física. A atividade será realizada presencialmente no Centro de Educação Física e Esportes (Cefe), das 14h00 às 17h30. O Cine é aberto ao público interno e externo, sem necessidade de inscrição prévia.

A programação do Cine contará com a exposição do filme “Ponto de Mutação” (1990), com direção de Bernt Amadeus Capra. Após a exibição, com duração de 1h51, a atividade terá a participação da professora Lilian Cantelle, do Departamento de Filosofia, do Centro de Letras e Ciências Humanas (CLCH). A docente fará uma apresentação a partir do debate gerado pelo longa-metragem, incentivando a discussão com todos os participantes.

O Cine PET é uma atividade que tem como objetivo potencializar análises e participação tanto dos membros do PET quanto da comunidade acadêmica e sociedade civil, sempre com um especialista convidado para ajudar na discussão dos filmes. Geralmente, a obra escolhida promove alguma crítica social ou possui uma temática mais atual.

Petianas Nayara e Ana Giulia, do PET de Educação Física. Evento contará com a exposição da professora Lilian Cantteli, do Departamento de Filosofia.
As petianas Nayara e Ana Giulia, do PET Educação Física. Estudantes tocam o projeto sob orientação de um professor tutor (Agência UEL)

PET

Os Grupos do Programa de Educação Tutorial (PET) procuram unir Ensino, Pesquisa e Extensão. São formados por estudantes, que contam com a tutoria de um docente. Atualmente, há cinco grupos PET ativos na UEL: PET Educação Física, Física, Geografia, Matemática e Zootecnia.

Para a estudante Ana Giulia Soares Martines, do terceiro ano do curso de Educação Física, os programas são muito importantes para a formação acadêmica. “Você conhece pessoas e tem contato com professores doutores. O programa é necessário para mostrar a força da universidade”, afirma a aluna, que há dois anos faz parte do PET Educação Física, coordenado pelo professor Victor Hugo Alves Okazaki, do Departamento de Educação Física.

Segundo Nayara Marcos de Oliveira, estudante do primeiro ano do curso, a experiência também agrega bastante para o desenvolvimento profissional. “Ali é o lugar onde você está aberto a erros, onde você pode explorar o seu próprio limite”, declara. “O PET te abre muito espaço para a universidade, você entende todos os projetos, além da importância de várias instâncias”, afirma a aluna, que há um mês integra o PET Educação Física.

*Estagiária na COM/UEL

especializaçao pos uel
isenção vestibular uel
especializacao-uel-2022
isencao-vestibular-uel-2023
previous arrow
next arrow
Leia também