UEL é a melhor Universidade Estadual Paranaense, segundo o THE Latin America 2021

UEL é a melhor Universidade Estadual Paranaense, segundo o THE Latin America 2021

A Universidade conquistou o 47º lugar na classificação geral e a 28º posição em todo o país.

A UEL é a Universidade Estadual Paranaense melhor colocada no Times Higher Education (THE) – LatinAmerica 2021, divulgado nesta terça-feira (13) em evento sediado na Universidade de São Paulo (USP) e transmitido em formato virtual para todo o país. Além desta posição importante, a Universidade conquistou o 47º lugar na classificação geral, posicionando-se no 28º lugar em todo o país. Este ano foram avaliadas um total 177 Instituições de Ensino Superior na América Latina e no Caribe.

De acordo com a diretora de Avaliação e Informação Institucional da Pró-reitoria de Planejamento (Proplan) da UEL, professora Elisa Emi Tanaka Carloto, a UEL alcançou notas de destaque nos quesitos Relação com Empregadores (renda da indústria), Pesquisa e Ensino. A avaliação considerou cinco itens – Citação Internacional (nota 36,3), Renda da Indústria (84,2), Perspectiva Internacional (23,3), Pesquisa e Ensino empatados com nota 66,6.

Segundo a professora Elisa, o item melhor avaliado este ano – Renda da Indústria, com nota superior a 84 -, representa o esforço da instituição no trabalho de transferência do conhecimento, desenvolvimento de novas patentes, geração de Royalties e demais aspectos ligados à cadeia produtiva nas mais diversas áreas. Neste quesito a UEL pulou de 35,3 no ano passado para 84,2 na mais recente pesquisa.

“Foi um aumento de mais de 100%, que reflete a política de inovação da UEL considerando o Ensino, a Pós-graduação e o relacionamento que mantemos com o setor produtivo, uma mudança de mentalidade que começa a aparecer e gerar novos frutos”, avaliou a diretora. Ela enumera que a UEL tem participado ativamente das chamadas Governanças de Londrina, dos Conselhos Municipal e Estadual de Inovação.

Inovação e Tecnologia

Outro fator que reflete a excelente nota é a presença da Agência de Inovação Tecnológica (Aintec) da UEL que desenvolve um trabalho de reconhecido no Paraná, se posicionando entre mais influentes A Universidade mantém ainda cerca de 15 Empresas Juniores instaladas em diversos cursos de graduação e uma presença forte na comunidade marcada pelos órgãos suplementares. “Tivemos um aumento de nota nos quesitos ensino e pesquisa, fruto também do relacionamento da Instituição com a sociedade por meio de todos esses órgãos externos”, considerou a professora Elisa.

As Universidades brasileiras melhores avaliadas este ano foram a USP, Unicamp e Unesp, que permanecem em 1º, 2° e 3º lugares. O Latin America University Rankings foi lançado há cinco anos e representa um dos indicadores acadêmicos científicos mais prestigiados por avaliar indicadores como ensino, pesquisa, citações de trabalhos, visão internacional e transferência de conhecimento. As instituições recebem uma pontuação para cada um desses critérios que têm pesos diferentes para a nota final.

Leia também