Parceria entre UEL e Prefeitura de Londrina garante teleatendimento a pacientes de COVID-19

Parceria entre UEL e Prefeitura de Londrina garante teleatendimento a pacientes de COVID-19

O serviço está disponível pelo telefone 0800-400-1234. É destinado a pessoas assintomáticas ou com quadros leves, residentes em Londrina.

Um grupo de nove estudantes bolsistas e mais dois orientadores da área de saúde iniciaram na segunda-feira (17) o trabalho de agendamento de pacientes assintomáticos de Covid-19, que precisam de consultas em telemedicina para obtenção de atestado médico e demais orientações para o tratamento. O agendamento é feito por estudantes bolsistas da UEL, que marcam as consultas online com médicos da Rede Municipal de Saúde, colaborando para desafogar os serviços de saúde impactados com o aumento dos casos da doença nas últimas semanas.

O serviço está disponível para pessoas assintomáticas ou com quadros leves, residentes em Londrina, com atendimento pelo número 0800-400-1234. Segundo a Pró-reitora de Extensão, Cultura e Sociedade, professora Mara Solange Gomes Dellaroza, a Prefeitura de Londrina procurou a UEL na semana passada interessada em estabelecer parceria para agilizar o agendamento das consultas em telemedicina. Esta parceria somente foi possível pois a Universidade mantém desde 2020 um projeto de extensão que realiza a orientação para comunidade via telefone.

Estudantes bolsistas são responsáveis pelo atendimento e agendamento online.

Trabalho semelhante foi realizado no ano passado, no início da pandemia, colaborando para melhorar o nível de informação da população e também para desafogar as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e pronto socorros de Hospitais. Na UEL, o trabalho foi realizado até agosto passado, contando com a parceria da Superintendência Geral de Ensino Superior, Ciência e Tecnologia (SETI).

Atendimento – De acordo com a Pró-reitora, o atendimento é realizado das 8 às 18 horas. Os bolsistas atuam no prédio do Labesc, no Campus da UEL, divididos em duas equipes – seis pessoas pela manhã e outros cinco no período da tarde. Segundo informações da Prefeitura de Londrina, após a equipe do Disque Coronavírus concluir a etapa de triagem e agendamento, o médico da Secretaria Municipal de Saúde realizada a consulta online com o paciente, no dia e horário marcados. A teleconsulta é feita por quatro médicos que atuam na rede municipal.

Ainda de acordo com informações da Prefeitura, no caso de pessoas que já fizeram os exames, mas os sintomas são intensos (febre alta, falta de ar, cansaço) a recomendação é comparecer em uma das quatro unidades de referência para quadros respiratórios – Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do Guanabara, Chefe Newton e Vila Casoni, que funcionam de segunda a sexta-feira, das 7 às 18 horas; mais a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Sabará, que funciona todos os dias (24 horas).

banner mestrado
banner-03
previous arrow
next arrow
Leia também