NDPH abre exposição com desenhos de artista autodidata

NDPH abre exposição com desenhos de artista autodidata

Evento será às 19h30, na Sala dos Consulentes. Obras foram criadas no período de isolamento social da pandemia.

Meire Sebastião*

Agência UEL


O Núcleo de Documentação e Pesquisa Histórica (NDPH) abre, nesta segunda-feira (27), a exposição “Desenho para descontrair: um autodidata na pandemia”, do artista Jonas Alves de Almeida Neto. O evento será às 19h30, na Sala de Consulentes, no Centro de Letras e Ciências Humanas (CLCH).

As obras expostas foram produzidas pelo artista durante o momento pandêmico de maior necessidade de reclusão, período que aproveitou para testar novas técnicas de desenho. “No período de 2019 a 2022, ousei desenhar figuras de várias formas e tamanhos, com a mistura de cores, e que agora apresento ao público com o apoio do Núcleo de Documentação e Pesquisa Histórica da UEL”, comenta o artista, que é autodidata. A exposição fica aberta ao público até 28 de agosto.

Desenhos do artista autodidata Almeida Neto serão expostos a partir desta segunda (27), na Sala dos Consulentes, no CLCH/UEL.
Divulgação

Professor de Educação Física aposentado, Almeida Neto entrou no mundo artístico em 2018, produzindo desenhos de máscaras e palhaços. Inicialmente, suas composições eram feitas com lápis preto, mas depois passou a utilizar canetas esferográficas e aquarelas. Atualmente, o artista coleciona mais de 200 desenhos. Almeida Neto é filho do artista plástico Quincaju, escultor autodidata e primitivista.

*Estagiária na COM/UEL

vestibular UEL 2023 inscrição
vestibular UEL 2023 inscrição
Vestibular-2023-uel
Vestibular-2023-uel
previous arrow
next arrow
Leia também