Universidade decreta luto pela morte do professor aposentado Jorge Cernev

Universidade decreta luto pela morte do professor aposentado Jorge Cernev

Pioneiro da UEL, atuou por 38 anos na Universidade, tendo sido o primeiro chefe do Departamento de História e segundo diretor do Centro de Ciências Humanas (CCH)

Ato Executivo assinado pelo reitor da UEL, Sérgio Carvalho, nesta quarta-feira (26), decretou luto oficial pela morte do professor aposentado do Departamento de História, Jorge Cernev, de 85 anos, que faleceu na tarde desta quarta, em Londrina. O professor lutava contra um câncer no pâncreas. O sepultamento foi realizado na manhã desta quinta, no Parque das Allamandras.

Docente pioneiro da UEL, atuou por 38 anos na Universidade, tendo sido o primeiro chefe do Departamento de História e segundo diretor do Centro de Ciências Humanas (CCH). O professor foi um dos fundadores do Museu Histórico de Londrina, autor do livro Liberalismo e Colonização – o caso do norte do PR, publicado pela Editora da UEL, onde resgata parte da história de Londrina, desde os tempos da Cia de Terras do Norte do Paraná.

Além de lecionar História e Filosofia na UEL, Jorge Cernev também foi professor no Colégio Estadual Vicente Rijo. Natural de Quatá (SP), mudou-se com a família para o interior do Paraná com apenas três anos. O reitor da UEL, Sérgio Carvalho, lembrou nesta quarta-feira, nas redes sociais, da generosidade do professor Jorge, com quem ele teve contato quando chegou em Londrina.

Segundo relatou o reitor, Jorge Cernev cedeu gratuitamente uma antiga residência de sua família para um grupo de professores da UEL. “Uma grande figura humana, um professor a ser homenageado”, escreveu o reitor. Jorge Cernev era casado com a professora aposentada da UEL, Eunilda Kemmer Cernev, de 78 anos. Deixa três filhos e dois netos.

pss professor uel
especializaçao pos uel
isenção vestibular uel
PSS-UEL
especializacao-uel-2022
isencao-vestibular-uel-2023
previous arrow
next arrow
Leia também