UEL integrará Núcleo Projeto MasterPlan Londrina 100 anos

UEL integrará Núcleo Projeto MasterPlan Londrina 100 anos

Convite foi feito pelo Instituto de Desenvolvimento de Londrina. UEL é a única instituição de ensino superior a compor o Conselho Consultivo.

Pedro Livoratti

Agência UEL


A UEL foi convidada a compor o Núcleo Consultivo do projeto MasterPlan Londrina 100 anos, que formulará ações e políticas estruturantes para o desenvolvimento econômico e urbano da cidade. O convite foi feito pelo Instituto de Desenvolvimento de Londrina (CODEL) ao reitor Sérgio Carvalho, com o objetivo de aproveitar a expertise e representatividade da UEL nas ações a serem adotadas no planejamento.

O trabalho está sendo feito pela empresa Macroplan Prospectiva Estratégica & Gestão, contratada no final do ano passado por meio de licitação feita pela Prefeitura de Londrina.  A empresa deverá apresentar dados e informações que possibilitem planejar o futuro para os próximos 20 anos, com foco no desenvolvimento sustentável. De acordo com informações repassadas pela Prefeitura, a intenção é que com um Plano Estratégico, o município consiga colocar em prática modelo público-privado de gestão para o futuro, reduzindo riscos de descontinuidades administrativas.

Segundo o diretor de Ciência e Tecnologia da Codel, Roberto Moreira, diversas lideranças e entidades de Londrina estão reunidas nesta iniciativa. Caberá à sociedade civil colaborar com sugestões sobre o que precisa ser melhorado na cidade, considerando as próximas duas décadas. “O trabalho todo pretende apresentar uma visão sistêmica de planejamento para município com vistas a 2040”, definiu.

Ele explicou que várias interações serão realizadas com entidades locais até o final deste ano. A UEL será a única instituição de ensino superior a compor o Conselho Consultivo, dada à representatividade e pela importância na prestação de serviços e na produção de ciência e tecnologia. Ainda de acordo com o diretor, o núcleo consultivo tem a função de acompanhar todo o trabalho, levando informações detalhadas à empresa contratada para a elaboração do planejamento final.

Repercussão – Durante o anúncio da contratação da empresa, no ano passado, o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati afirmou que o planejamento deverá focar os potenciais do município, unindo esforços de várias entidades, do poder público e da sociedade civil. “É um planejamento fundamental para o desenvolvimento urbano e humano da nossa cidade. Um passo muito importante, para a atração de novos empreendimentos e investimentos de fora”, considerou.

De acordo com o contrato estabelecido com a empresa licitada, o plano de trabalho prevê um cronograma das atividades, recursos, materiais, responsabilidades, execução e gestão do projeto e de produtos. Também consta levantamento da situação atual, identificando os principais desafios e gargalos para o desenvolvimento da cidade e a identificação das iniciativas e dos planos já existentes, que darão suporte à elaboração de inventário de ações, assim como a apresentação da situação atual do município e a identificação e a análise das tendências consolidadas e incertezas que poderão impactar o desenvolvimento local, regional, estadual e nacional.

Mediante essas informações, um grupo de especialistas deverá formular um Plano Estratégico todos os anos até 2040. O planejamento conterá direcionadores que vão orientar a implantação de projetos nas mais diversas áreas (como educação, saúde, economia e segurança); oficinas de trabalho com representantes da sociedade civil e do poder público; carteira de projetos estratégicos de curto, médio e longo prazo e um modelo de governança em prol do desenvolvimento de Londrina.

(Com informações do Núcleo de Comunicação da Prefeitura de Londrina – N.Com).

vestibular UEL 2023 inscrição
vestibular UEL 2023 inscrição
Vestibular-2023-uel
Vestibular-2023-uel
previous arrow
next arrow
Leia também