Provas do 20º Vestibular Indígena do Paraná serão aplicadas em 18 e 19 de julho

Provas do 20º Vestibular Indígena do Paraná serão aplicadas em 18 e 19 de julho

A Universidade Estadual de Londrina, por meio da Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) e Comissão Universidade Para os Índios (CUIA), aplicará as provas do 20º Vestibular Indígena do Paraná.

Willian C. Fusaro

Agência UEL


A Universidade Estadual de Londrina, por meio da Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) e Comissão Universidade Para os Índios (CUIA), aplicará as provas do 20º Vestibular Indígena do Paraná. No domingo (18), será aplicada a prova oral e, na segunda-feira (19), as provas objetiva e de redação. Nesta edição, a Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) é a instituição encarregada da realização das provas.

Na região de Londrina, 131 candidatos farão as provas no Campus Universitário, enquanto outros 81 farão na Terra Indígena Apucaraninha, a 83 km de Londrina, totalizando 212 candidatos. Ao todo, 555 candidatos concorrerão às vagas nas sete IEES paranaenses e no ensino federal. O resultado do processo seletivo será divulgado no dia 1º de setembro.

Segundo a pró-reitora de Graduação da UEL, Marta Regina Gimenez Fávaro, o vestibular indígena é “a expressão da consolidação da política afirmativa que permite os ingressos das sociedades indígenas aos bancos universitários”. “Essa formação profissional buscada deve retornar, depois, para as comunidades indígenas, como uma contribuição para o desenvolvimento delas”, ressalta a pró-reitora.

O papel de articulação da CUIA da UEL também foi lembrado por Marta Fávaro, assim como o da equipe técnica da Pró-Reitoria de Graduação. “Também temos a participação de estudantes indígenas na composição da equipe, que já foram aprovados no vestibular, assim como de profissionais indígenas formados na UEL. A Universidade está muito feliz e está organizando o espaço para recebê-los, cumprindo todos os protocolos de biossegurança estabelecido pela UENP e pela nossa Comissão de Contingenciamento”, afirmou.

Vagas disponíveis

As Instituições Estaduais de Ensino Superior (IEES) oferecem, em cada uma, seis vagas suplementares àquelas ofertadas em seus processos seletivos regulares exclusivamente para os integrantes das sociedades indígenas do Paraná. Já nos cursos de graduação da Universidade Federal do Paraná (UFPR), são ofertadas dez vagas suplementares àquelas de seus processos seletivos regulares exclusivamente para os índios integrantes das sociedades indígenas do Brasil.

20º Vestibular Indígena do Paraná recebe mais de 200 candidatos só na região de Londrina

Provas

As provas do 20º Vestibular dos Povos Indígenas do Paraná serão realizadas resguardadas todas as medidas de biossegurança para os envolvidos. Haverá provas nas cidades de Manoel Ribas, Nova Laranjeiras, Mangueirinha, Londrina e Curitiba. No primeiro dia, será realizada prova oral sobre Língua Portuguesa. No segundo dia, os candidatos farão a redação e prova objetiva de Língua Portuguesa, Língua Estrangeira ou Indígena, Biologia, Física, Geografia, História, Matemática e Química.

Mais informações sobre a aplicação do vestibular, bem como o editais do processo seletivo, fichas de inscrições e ensalamento dos candidatos podem ser obtidas no site da UENP.

Divulgação do vestibular da UEL - 2021
Leia também