Vestibular 2022 é o primeiro com cotas para pessoas com deficiência

Vestibular 2022 é o primeiro com cotas para pessoas com deficiência

É a primeira edição do concurso com a oferta, que foi aprovada em 19 de agosto de 2021, conforme prevê a Resolução CEPE nº 044.

A Coordenadoria de Processos Seletivos (COPS) registrou 86 inscrições de candidatos na cota para pessoas com deficiência para o Vestibular 2022, que será realizado em fase única, dia 6 de março, a partir das 14 horas. A UEL aprovou as cotas para deficientes em 19 de agosto de 2021, a partir da Resolução CEPE nº 044, que reserva 5% das vagas nos processos seletivos da graduação para pessoas com algum tipo de deficiência (física, auditiva, visual, visão monocular, mental, transtorno do espectro autista e múltipla). Este é o primeiro Vestibular que contará com as cotas.

Segundo a coordenadora da COPS, Sandra Garcia, o número de inscritos, embora aquém dos 5% resguardados na resolução, está dentro do esperado, principalmente por se tratar de uma política recente. “Ainda será necessário divulgar e mostrar a essa população que ela tem esse direito, já garantido pela Universidade, a partir de legislação estadual”, confirmou. A Lei Estadual 20443/2020 garante que todas as Instituições Estaduais de Ensino Superior (IEES) e escolas técnicas reservem 5% de vagas a esse público, independente do percurso de formação.

Foram registradas 86 inscrições de candidatos na cota para pessoas com deficiência.

O curso de Medicina registrou 41 inscrições para quatro vagas para pessoas com deficiência. Já os cursos de Direito (matutino), Ciência da Computação (Integral) e Administração (Noturno) registraram quatro inscritos cada. Ao menos uma vaga de cada curso deve ser destinada a estudantes com deficiência. Se a quantidade de vagas permitir, o número de cotistas deve ser arredondado para o maior número inteiro seguinte.

Reserva de vagas

Os candidatos com algum tipo de deficiência devem declarar no ato da inscrição que desejam ingressar pelo sistema de cotas. Quem optar pelo sistema concorrerá às vagas destinadas à cota e às universais, como já ocorre com as outras cotas oferecidas pela Universidade. Caso a reserva de 5% não seja preenchida, esse percentual será destinado às vagas universais.

No ato da pré-matrícula, o estudante deve apresentar um laudo médico que ateste a espécie e o grau da deficiência. Além disso, deve apresentar número do RG, CPF, identificação do curso pretendido, além da expressa referência, no Código Internacional de Doenças (CID), assim como a provável causa da deficiência. Também serão necessários a assinatura e o carimbo do número do CRM do médico responsável pela emissão da documentação. Candidatos que já possuem curso superior não podem ingressar pelo sistema de cotas para pessoas com deficiência. 

Comissão – Os candidatos aprovados no Vestibular 2022 passarão pela Comissão de Homologação de Vagas, indicada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) e composta por membros da Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), do Núcleo de Acessibilidade (NAC), do Conselho Municipal de Direitos da Pessoa com Deficiência, um representante médico e professor do curso de Medicina da UEL e, por fim, um representante discente. No prazo de 10 anos, a política de ingresso será reavaliada pelo Governo do Estado, como já ocorre com outros sistemas de cotas.

Vestibular 2022: 5% das vagas serão destinadas para pessoas com deficiência

Vestibular 2022 dia 6 de março

São ofertadas para ingresso pelo Vestibular 2022 o total de 2.509 vagas em 52 cursos de graduação presenciais; já outras 616 vagas são disponibilizadas por meio do Sistema de Seleção Unificada (SISU), totalizando 3.125 vagas. A prova ocorre dia 6 de março, a partir das 14 horas, em locais de provas em Londrina. A COPS divulga no próximo dia 24 de fevereiro o Cartão de Inscrição, às 17 horas, no endereço da COPS.

A prova será aplicada em um único dia, dividida em duas partes, sendo a primeira com 36 questões objetivas sobre Conhecimentos Gerais relacionados ao conteúdo do Ensino Médio; 10 testes de Língua Portuguesa e Literatura em Língua Portuguesa e quatro de Língua Estrangeira (Inglês, Espanhol ou Francês). A segunda parte será composta pela redação, uma produção textual em prosa.

A primeira convocação dos aprovados no Vestibular 2022 será divulgada em 19 de abril, ao meio dia. As aulas do ano letivo 2022 terão início em agosto.

(FOTOS: Arquivo/COM).

vestibular UEL 2023 inscrição
vestibular UEL 2023 inscrição
Vestibular-2023-uel
Vestibular-2023-uel
previous arrow
next arrow
Leia também