Eduel lança livro sobre Transtorno do Desenvolvimento da Coordenação

Eduel lança livro sobre Transtorno do Desenvolvimento da Coordenação

Título traz como temática central o Transtorno do Desenvolvimento da Coordenação (TDC), apresentado com linguagem simples e acessível.

Mirian Peres da Cruz

Agência UEL


A Editora da Universidade Estadual de Londrina (Eduel) está lançando o livro “Transtorno do Desenvolvimento da Coordenação: caracterização, avaliação e intervenção” (Eduel, 2022, 146 páginas), que faz uma análise do Transtorno do Desenvolvimento da Coordenação, também chamado de TDC. A publicação apresenta uma linguagem simples, com o objetivo de tornar o assunto acessível para pais, acadêmicos e profissionais da educação e da área de saúde.

Identificado em crianças em idade escolar, o TDC é caracterizado por dificuldades motoras na realização de movimentos simples da rotina diária, assim como durante brincadeiras e atividades esportivas. Segundo a Associação de Psiquiatria Americana (APA), responsável pela elaboração de um manual utilizado para o diagnóstico do transtorno, cerca de 6% das crianças em idade escolar que apresentam o TDC.

De acordo com a professora Josiane Medina Papst, do curso de Educação Física da UEL, uma das autoras, o termo transtorno demonstra um desvio no processo de desenvolvimento motor. “O transtorno indica um desenvolvimento diferenciado daquilo que era esperado para crianças em determinada faixa etária”, diz a autora.

Segundo ela, o livro pretende suprir uma lacuna no que diz respeito às questões ligadas ao TDC, diante do cenário de desinformação e desconhecimento dos pais e professores acerca do tema. “No contato com professores e coordenadores pedagógicos das escolas foi possível sentir essa carência. Então percebi a importância de desenvolver um projeto de extensão para atender as crianças com dificuldade de coordenação motora”.

A iniciativa, que contou com a colaboração de alunos da UEL, da graduação e pós-graduação, da área de Educação Física, e resultou na publicação da obra, começou em 2017 e foi finalizado no início da pandemia em 2020.

Diagnóstico preciso

A desinformação sobre o transtorno também leva à falta de um diagnóstico preciso. Neste sentido, a professora alerta que só uma avaliação motora da criança não é o suficiente para detectar o TDC, pois outros aspectos também devem ser considerados . “São adotados questionários e checklist para observação, com o objetivo de obter informações dos pais e professores sobre a criança”, explica. O objetivo do checklist por exemplo, segundo a autora, é fazer a observação do comportamento da criança em diferentes situações cotidianas no ambiente doméstico e escolar, podendo os resultados serem analisados de maneira qualitativa e com base em uma pontuação.

Obra

Com prefácio da professora aposentada da UEL Inara Marques, que atuou na graduação e no programa de pós-graduação em Educação Física do Centro de Educação Física e Esporte (Cefe), o livro é dividido em cinco capítulos, além da apresentação e referências. O primeiro capítulo apresenta a organização do livro. O segundo capítulo, um breve histórico sobre o desenvolvimento motor, com abordagens distintas que explicam “como, quando e por que” as habilidades motoras se modificam ao longo da vida.

Já o terceiro e quarto capítulos esmiúçam a temática do TDC em vários aspectos, entre eles a caracterização do TDC, avaliações e diagnósticos, além de referenciais que discutem a importância do processo de avaliação diagnóstica. O quinto capítulo apresenta a proposta pedagógica de intervenção motora adotada durante a prática do projeto – “Superação – crianças em atividades” –, escrito com base em estudo de caso com uma criança com TDC.

Por último, o livro traz dezenas de atividades, jogos e brincadeiras que podem ser desenvolvidas junto às crianças diagnosticadas com TDC. São propostas úteis para acadêmicos, professores e pais, que utilizam materiais simples (bola, arco, bastões e corda), além de boa dose de disposição para incentivar as crianças a participarem dos jogos e brincadeiras. As atividades têm foco no desenvolvimento de habilidades motoras específicas, como lateralidade, equilíbrio, coordenação motora fina, entre outras.

Os autores da obra são Josiane Medina Papst, professora do Cefe; Rafaela Zortéa Fernandes Costa, doutoranda em Educação Física pela USP e professora do Ensino Básico em Cambé; Laísla Camila da Silva, também doutoranda em Educação Física pela USP e professora assistente do Departamento de Educação Física da UEL; e Rodrigo Martins de Oliveira Spinosa, professor do Departamento de Design, do Centro de Educação, Comunicação e Artes (Ceca).

Serviço

Livro “Transtorno do Desenvolvimento da Coordenação: caracterização, avaliação e intervenção” (Eduel, 2022, 146 páginas);

No site da Eduel ou em lojas parceiras Rkobo, App Store, Google Play, kindle e Livraria Cultura;

Valor: R$ 50,00 (impresso);

Mais informações em eduel@uel.br ou (43) 3371 4674.

vestibular UEL 2023 inscrição
vestibular UEL 2023 inscrição
Vestibular-2023-uel
Vestibular-2023-uel
previous arrow
next arrow
Leia também