Prefeitura do Campus faz mutirão de limpeza para retorno das aulas presenciais

Prefeitura do Campus faz mutirão de limpeza para retorno das aulas presenciais

As equipe foram dividas e distribuídas nos Centros de Estudos e demais setores localizados no Campus Universitário.

A Prefeitura do Campus Universitário (PCU) da UEL inicia nesta segunda-feira (10) o mutirão de limpeza e higienização dos espaços com vistas à retomada das aulas presenciais no próximo dia 24 de janeiro. Para dar conta da demanda, a Prefeitura conta com uma equipe de servidores terceirizados, que deverão atuar inicialmente no horário das 8 às 18 horas. A partir do início das aulas, as equipes serão divididas em turnos (6 às 15 horas e 13 às 22 horas) para atender as especificidades dos oito Centros de Estudos, localizados no Campus Universitário – CCB, CLCH, CESA, CEFE, CECA, CTU, CCA e CCE.

O trabalho foi planejado considerando a necessidade de manter higienizados todos os espaços. Para se ter uma dimensão desta demanda, o Campus da UEL tem 1,5 milhão de metros quadrados de área construída, 780 laboratórios e salas de aulas práticas, de acordo com dados oficiais da Pró-reitoria de Planejamento (PROPLAN).

Conforme o Prefeito em exercício do Campus, Daniel Correia, além da limpeza dos espaços, é preciso manter a rotina de manutenção e roçagem da área verde, sem contar o trabalho constante de verificação e reparo de telhados, calhas, alvenaria, rede lógica, elétrica e hidráulica. Segundo ele, este trabalho é realizado pelos servidores de carreira da Prefeitura e seguem o fluxo normal, considerando a necessidade de deixar tudo pronto antes do retorno das aulas presenciais.

Limpeza e higienização da Biblioteca Central (BC).

Ele explica que o contrato com a empresa terceirizada prevê limpeza dos espaços, além do abastecimento dos sanitários. O Prefeito em exercício acredita que, a partir do início das aulas, com a divisão das equipes em dois turnos, será possível atender toda a demanda da comunidade universitária. Segundo Daniel, além do pessoal terceirizado, a PCU ainda conta com os servidores antigos do setor de zeladoria, que permanecem nos Centros e nas demais unidades. Inicialmente, os espaços serão higienizados uma vez ao dia, com a manutenção sendo feita pelos servidores da Prefeitura.

“A equipe terceirizada passará em todos os Centros diariamente para realizar a higienização. Os centros continuarão com os servidores. No caso de necessidade de retorno e de reforço da limpeza, os Centros poderão contatar a divisão de zeladoria da Diretoria de Serviços da Prefeitura”, explica.

Demais espaços – Além das equipes que atenderão ao Campus, outros 13 servidores deverão atuar exclusivamente no Restaurante Universitário (RU), para realizar a higienização daquele espaço, incluindo os sanitários. O prefeito em exercício explica ainda que está sendo estudado o deslocamento de equipe para atender órgãos suplementares da Universidade, localizados no centro e na região Leste de Londrina. É o caso do Museu Padre Carlos Weiss, Casa de Cultura, Escritório de Aplicação de Assuntos Jurídicos (EAAJ), Centro de Educação Infantil do Hospital Universitário (HU) e Centro de Ciências da Saúde (CCS), anexo ao HU.

Outro trabalho que está sendo realizado paralelamente nesta fase do ano é a manutenção da área externa com vistas à prevenção à dengue. A ação envolve o Grupo de Trabalho de Vigilância e Controle de Aedes na UEL (GT Aedes) e a Prefeitura do Campus Universitário (PCU), com objetivo de mobilizar a comunidade universitária para o combate efetivo ao Aedes aegypti na UEL. Segundo o Prefeito do Campus em exercício, as equipes atuam de acordo com as orientações do Grupo de Trabalho.

O GT tem a participação do professor João Zequi, do Departamento de Biologia Animal e Vegetal, do Centro de Ciências Biológicas (CCB). Em toda a área do Campus estão instaladas ovitrampas, armadilhas que demonstram se há presença das fêmeas do mosquito e se elas depositam os ovos. O que ocorre é que há a eliminação das larvas ali mesmo, na armadilha, impedindo a evolução para o desenvolvimento do mosquito.

Leia também

UEL FM apresenta “Preta Voz”, série que integra campanha contra racismo

A UEL FM integra a campanha “UEL na Luta contra o Racismo”, lançada oficialmente semana passada, com uma série de entrevistas especiais intitulada “Preta Voz”, produzida e apresentada pela jornalista Janaína Ávila. A série, de cinco programas, traz perfis de profissionais pretos mostrando a potência e o talento em suas áreas de atuação. O primeiro […]


SETI, Fundação Araucária e UEL apresentam Arranjo de Pesquisa e Inovação com foco na Biodiversidade 

A Secretaria Estadual de Ciência Tecnologia e Ensino Superior (SETI) juntamente com a Fundação Araucária e a UEL apresentaram nesta terça-feira (28) o Novo Arranjo de Pesquisa e Inovação (NAPI) Biodiversidade: Recursos Genéticos e Biotecnologia que tem o objetivo de integrar grupos com foco na diversidade ambiental e na redução dos impactos das mudanças climáticas. […]


Capacita DCNT passa para fase de formação de profissionais

Capacita DCNT, um projeto cujo título original é “Formação de gestores e profissionais de saúde da APS (Atenção Primária à Saúde) do Estado do Paraná no enfrentamento das doenças crônicas não transmissíveis: análise de efetividade a partir de abordagem quali-quantitativa”, teve abertura oficial na sexta-feira, dia 24, no Anfiteatro do HU. Trata-se da segunda etapa […]


Crianças hospitalizadas do HU fazem seus próprios cupcakes de Páscoa

Pacientes mirins do Hospital Universitário da UEL tiveram uma tarde de diversão, no útlimo dia 22, ao lado do Chef Taico, chefe de cozinha, YouTuber  e padrinho do projeto que desenvolveu a ação. As crianças botaram a mão na massa e decoraram seus próprios cupcakes com confetes coloridos, cobertura de chocolate, coelhos e ovinhos de chocolate. A […]