UEL inicia aulas presenciais para outros 1.443 estudantes de cinco cursos de graduação

UEL inicia aulas presenciais para outros 1.443 estudantes de cinco cursos de graduação

São alunos de várias séries dos seguintes cursos: Psicologia, Biotecnologia, Medicina Veterinária, Química e Zootecnia.

Mais 1.443 estudantes dos cursos de Psicologia, Biotecnologia, Medicina Veterinária, Química e Zootecnia iniciaram as aulas presenciais nesta segunda-feira (31), dando sequência ao retorno escalonado estabelecido pelos Colegiados de Cursos. Esta volta escalonada obedece indicação da Câmara de Graduação, que decidiu pelo ensino remoto preferencial pelas próximas três semanas, em virtude do aumento dos casos de Covid-19 e da superlotação das Unidades Básicas de Saúde e enfermarias de hospitais.

De acordo com levantamento feito pela Pró-reitoria de Graduação (Prograd) da UEL, considerando os estudantes que retornaram na semana passada, a UEL soma hoje 2892 alunos em aulas presenciais. Na próxima semana, segunda-feira, dia 7, outros 565 alunos retomam as aulas. No dia 14 de fevereiro, a previsão é de que outros 3708 estudantes voltem ao modelo presencial. No dia 21 de fevereiro serão outros 563, quando a Universidade estará recebendo 7.728 alunos presencialmente. A partir de março está previsto o retorno de todos os cerca de 13 mil alunos de graduação.

A presença cada vez maior dos estudantes vai alterando a paisagem do Campus universitário. Lanchonetes, bibliotecas e corredores de Centros de Estudos já ganharam movimentação, depois de quase dois anos de suspensão das atividades presenciais, em março de 2020, quando a pandemia teve início exigindo distanciamento e lockdown.

Retorno escalonado e gradual

A professora Patrícia Silva Lúcio, vice-coordenadora do Colegiado de Psicologia, explicou que nesta semana retornam os alunos dos terceiro, quarto e quinto anos. Na próxima segunda (7) devem retornar os estudantes de primeiro e segundo ano. O curso tem hoje cerca de 380 alunos e está entre os mais concorridos. No próximo Vestibular da UEL serão 34 candidatos por vaga, no sistema universal.

Segundo a vice-coordenadora, o retorno presencial representa um grande alívio para o professor e para o aluno frente ao modo remoto. A tecnologia não substitui a interação pessoal e a vivência do processo grupal. “No tête-à-tête podemos trabalhar o emocional do estudante. É possível resolver os conflitos”, atesta ela.

Primeiro dia de aula presencial do professor recém-contratado da UEL, Leandro Anselmo Todesqui Tavares.

Estreia – Esta segunda-feira (31) foi um dia diferente, de muita emoção para o professor Leandro Anselmo Todesqui Tavares. Ele chegou à Central de Salas do Centro de Ciências Biológicas (CCB) pouco depois das 7h30 da manhã para a primeira aula presencial como professor efetivo da UEL. Convocado no concurso público durante a pandemia, ele assumiu o cargo em agosto de 2020, já iniciando as aulas em modo remoto.

“Não via a hora de voltar a escrever na lousa”, brincou o professor, dizendo-se animado com as aulas presenciais. Ele explicou que conhecia a turma, do quarto ano de Psicologia, tendo trabalhado duas disciplinas com eles. Segundo o professor, embora possível, a aula remota oferece pouca interação com os alunos. Presencialmente, diz, a qualidade é outra. “Me considero um professor raiz”, finaliza ele.

Aberto atendimento para emissão e renovação do cartão transporte

vestibular UEL 2023 inscrição
vestibular UEL 2023 inscrição
Vestibular-2023-uel
Vestibular-2023-uel
previous arrow
next arrow
Leia também