UEL é parceira na realização do 1º Pense Agro do PR

UEL é parceira na realização do 1º Pense Agro do PR

As inscrições podem ser feitas, gratuitamente, até o dia 16 de agosto

Reinaldo C. Zanardi

Agência UEL


A Universidade Estadual de Londrina, por articulação da Pró-Reitoria de Planejamento (PROPLAN), apoia o 1º Pense Agro – Hackathon Escola Agrícola 4.0. O evento, em sua primeira edição, tem realização do Governo do Paraná e da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares do Estado do Paraná.

O 1º Pense Agro será realizado a distância (100% online), reunindo professores, estudantes universitários, do ensino técnico e profissionais. O objetivo é pensar a aplicação de tecnologias para melhorar procedimentos do Centro Estadual de Educação Profissional (Escola Agrícola) Newton Freire Maia, que fica em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

Os estudantes da universidade podem participar dos desafios e também serem monitores dos estudantes Escola Agrícola Newton Freire Maia. Os desafios são em três temáticas: energias renováveis; uso e reuso de água; horticultura em condições climáticas adversas. As inscrições podem ser feitas, gratuitamente, até o dia 16 de agosto, neste LINK.

A montagem dos times vai ser realizada de 18 a 20 de agosto e o Hackathon Online de 21 a 23 de agosto. Anteriormente, a essa etapa, há uma programação extensa de palestras com os temas que envolvem os três desafios da competição. As palestras serão realizadas nos dias 5, 12, 17, 18 e 19 de agosto. Para acessar a programação completa e conhecer os palestrantes do evento, clique AQUI. Ana Maia, da empresa Panic Lobster, e organizadora do evento afirma que a proposta é incentivar a inovação no campo. Confira o áudio.

As ideias e os protótipos concebidos para a Escola Agrícola Newton Freire Maia poderão ser aplicadas em qualquer escola agrícola do estado. Nesse sentido, os produtos que serão desenvolvidos passam pela integração das universidades com as escolas secundaristas. “Será um projeto piloto. A UEL tem uma parceria com o Instituto Federal do Paraná. É importante para nós, porque é uma competência da nossa região, onde temos várias escolas agrícolas”, afirma a diretora de Planejamento e Integração Acadêmica PROPLAN, Cristianne Cordeiro.

banner mestrado
banner-03
previous arrow
next arrow
Leia também