Semana da Matemática marca comemorações dos 50 anos do curso

Semana da Matemática marca comemorações dos 50 anos do curso

Comunidade acadêmica tem até o dia 21 de setembro para submissão de resumos para o evento, que será realizado entre os dias 3 e 7 de outubro.

Programada para o início de outubro de 2022, a XXXIV Semana de Estudos da Matemática (Semat UEL) contará com cerca de 60 horas de atividades acadêmicas destinadas às comunidades interna e externa. No entanto, a edição deste ano será muito especial em razão das comemorações do jubileu de ouro do curso, prejudicadas por conta da pandemia da Covid-19, em março em 2020.

Estudantes de graduação, pós-graduação e profissionais têm até o dia 21 de setembro para submeterem os resumos, participando academicamente de um importante momento para a história do curso e da Universidade. Já as inscrições permanecem abertas até o início do evento, em cinco modalidades. A XXXIV Semat vai ser realizada entre os dias 3 e 7 de outubro, no anfiteatro do Centro de Estudos Sociais Aplicados (Cesa).

“Como é um evento especial, que celebra o Jubileu de Ouro, gostaríamos de construir um retrato da importância do curso não apenas para a região, mas para o País. Então, é fundamental que todos os nossos estudantes registrem aquilo que estão fazendo para a construção de uma memória da situação atual. Inclusive alguns egressos estão submetendo seus trabalhos. Será organizada uma publicação em forma de anais para contemplar todos os resumos”, diz o docente do Departamento de Matemática e atual diretor de Programas, Projetos e Iniciação Extensionista da Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Sociedade (Proex), Paulo Liboni.

Organizada pelo Departamento de Matemática em parceria com o Programa de Educação Tutorial (PETMAT) da UEL, a Semat vai contar com palestras, minicursos, sessões técnicas, apresentações de banners, mesas-redondas e gincana matemática, além do lançamento de um livro didático voltado para o apoio à prática docente dos ensinos Fundamental e Médio. “Matemática: um livro feito por alunos para alunos” foi produzido por alunos de graduação da UEL e poderá ser baixado gratuitamente após o lançamento.

Professor Paulo Liboni. “Gostaríamos de construir um retrato da importância do curso não apenas para a região, mas para o País” (Agência UEL)

Semat

A XXXIV Semana de Matemática contará com a participação de palestrantes da Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual de Maringá (UEM), Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Universidade Federal do Paraná (UFPR), Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Estadual do Paraná (Unespar), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), além de docentes da UEL. A programação também guarda um espaço para apresentações culturais do Quinteto de Cordas da Orquestra Sinfônica da UEL, além de talentos do próprio Departamento.

A Semana de Matemática conta com o apoio da PROEX, Fundação Araucária, Superintendência de Ciência e Tecnologia, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, Ministério da Educação, Programa de Educação Tutorial, Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, além de parceiros privados.

As inscrições custam R$ 100,00 para docentes; R$ 50,00 para estudantes de pós-graduação e professores do ensino básico e R$ 30,00 para estudantes de graduação, recém-formados e estudantes do Ensino Médio. 

Jubileu de Ouro

Em meio às atividades acadêmicas previstas para o evento, as comemorações dos 50 anos de criação do curso de Licenciatura em Matemática da UEL remetem a um período anterior à fundação da UEL, em 1970. Cabe destacar que, se o primeiro curso de Matemática do País foi fundado em 1934, na USP, as movimentações para o ensino da disciplina na cidade de Londrina são do início da década de 1960. 

Esta trajetória tem início em 1962, com a oferta da disciplina “Complementos de Matemática” pela Faculdades de Filosofia, Ciências e Letras na matriz curricular do curso de Pedagogia. Em 1967, foram ofertadas novas disciplinas: Fundamentos de Matemática, Álgebra, Desenho Geométrico e Geometria Analítica, com a criação do Curso de Licenciatura em Ciências do Primeiro Ciclo. Em seguida, em 25 de março de 1970, poucas semanas após a fundação da UEL, a primeira reunião do Departamento de Matemática foi realizada representando ponto de partida do início do ensino de disciplinas específicas do curso, além das relacionadas com Física, Desenho e as pedagógicas.

Estrutura 

Atualmente, o Departamento de Matemática conta com dois cursos de graduação e três programas de Pós-Graduação. Além do ensino ofertado, projetos de extensão, como o Programa de Educação Tutorial (PETMAT), buscam aprofundar a experiência dos alunos ao longo do curso.

Além do PETMAT, docentes e alunos ligados ao Departamento desenvolvem programas como o PIBID (Política Nacional de Formação de Professores do Ministério da Educação), cujo objetivo é aproximar a prática docente com a realidade das escolas públicas.

“É absolutamente indiscutível a importância social que um profissional bem formado como professor de Matemática vai atuar e transformar a sociedade. Mas o nosso departamento não forma só professores, mas bacharéis que vão trabalhar com pesquisa em Matemática, em seguradoras com cálculos de risco, cálculos estatísticos, e o licenciado como professor que elabora materiais didáticos, faz correções, investiga as próprias questões relacionadas à educação da própria matemática. Então, nosso departamento está imerso em um ecossistema de altíssima relevância social para todo o Paraná”, conclui Liboni.

vestibular UEL 2023 inscrição
vestibular UEL 2023 inscrição
Vestibular-2023-uel
Vestibular-2023-uel
previous arrow
next arrow
Leia também