Documentário sobre história dos tekoha Avá-Guarani é lançado nesta quarta (10)

Documentário sobre história dos tekoha Avá-Guarani é lançado nesta quarta (10)

Produto audiovisual de 32 minutos será lançado também em Guaíra, no dia 11, junto às comunidades participantes do projeto.

As histórias de vida, luta e resistência dos tekoha Avá-Guarani da região Oeste do Paraná serão contadas em um documentário produzido em projetos de Pesquisa e Extensão da Universidade. Com 32 minutos de duração, a obra será lançada nesta quarta-feira (10), às 10h, na sala 683 do Centro de Educação, Comunicação e Artes (Ceca), durante o 5° Simpósio de Comunicação Popular e Comunitária.

Sob coordenação da professora Mônica Kaseker, do Departamento de Comunicação, e do professor Wagner Roberto do Amaral, do Departamento de Serviço Social, do Centro de Estudos Sociais e Aplicados (Cesa), as imagens e entrevistas foram feitas em 2018, durante visitas às comunidades nos Tekohas. “O documentário foi feito a pedido desse pessoal da comunidade, que queria um vídeo para mostrar para o pessoal da região conhecer a história deles”, explica a professora.

Intitulado “Este é o nosso Tekoha: Memória e resistência Ñande Kera no Oeste do Paraná”, o documentário retrata a história dos Avá-Guarani na região Oeste do Paraná, episódios de violência e momentos difíceis, além das novas formas de resistência indígena nos dias atuais.

Processo dialógico

O roteiro e a direção do documentário foram feitas de forma colaborativa, por meio de oficinas e rodas de conversa com as comunidades. As lideranças e os membros de cada comunidade apontaram quem deveriam ser os entrevistados, os temas a serem abordados e de que forma gostariam de ser representados pelas lentes. 

“Foi um processo muito importante. Quem aparece no vídeo, quem compõe o documentário, são as lideranças, são os nossos Chamoî, que a gente chama de mais velho, e nossas Chari’y, que a gente chama de mais velha, que estão passando o seu modo de ver para os mais jovens e, também, para os não-indígenas entenderem esse contexto. O projeto em si fala sobre memórias, conflitos, resistência, fala de fortalecimento da liderança”, comenta o estudante de medicina Avá-Guarani, Rodrigo Luís, responsável pela mediação e tradução das entrevistas.

O documentário é uma parceria entre os projetos de Pesquisa “A produção audiovisual como articuladora de sentidos de identidade e interculturalidade” e de Extensão “O audiovisual para o fortalecimento da identidade indígena no processo educativo”, coordenados pela professora Mônica Kaseker, e do projeto “Conflitos e resistências para a conquista e demarcação de Terras Indígenas no Oeste do Paraná: os caminhos e as expressões do fortalecimento das lideranças e da cultura Guarani”, coordenado pelo professor Wagner Roberto do Amaral.

Na quinta-feira (11), o documentário será lançado em Guaíra-PR, junto às comunidades participantes.

Lançamento do documentário em Guaíra, junto às comunidades participantes, será neste dia 11 de agosto, às 18h (Divulgação)

Simpósio de Comunicação Popular e Comunitária

O 5° Simpósio de Comunicação Popular e Comunitária é um evento promovido pelo Núcleo de Pesquisa em Comunicação Popular (NCP), que está ocorrendo entre os dias 8 e 10 de agosto, na sala 683 do Ceca.

Com o objetivo de construir um espaço de socialização de estudos, experiências e discussões sobre assuntos relacionados às questões de comunicação popular, comunitária, alternativa, das classes subalternas e contra-hegemônica, o evento conta com a apresentação de artigos científicos e relatos de especialistas em conferências, mesas redondas e oficinas.

*Estagiária na COM/UEL.

vestibular UEL 2023 inscrição
vestibular UEL 2023 inscrição
Vestibular-2023-uel
Vestibular-2023-uel
previous arrow
next arrow
Leia também