Produtores rurais participam de Dia de Campo com foco em produção agrícola sustentável

Produtores rurais participam de Dia de Campo com foco em produção agrícola sustentável

Ao longo do dia, equipe participou de oficinas de Meliponicultura, Crédito Rural e Economia para Produtores Agrícolas, dentre outros temas.

Meire Sebastião*

Agência UEL


O projeto de extensão Horta Escola promoveu, no sábado (20), um Dia de Campo sobre sistemas de produção agrícola sustentáveis. Voltado para produtores rurais, o evento ocorreu em Marilândia do Sul e contou com quatro oficinas, além do lançamento do livro “A Salvação da Lavoura”, do agricultor Célio Ferracioli.

Ao longo do dia, foram promovidas oficinas de Meliponicultura (abelhas sem ferrão), Crédito rural e Economia para Produtores Agrícolas, Sistemas de Plantio Direto de Hortaliças (SPDH) e Produção Orgânica de Tomates e Sistemas Agroflorestais e Nutrição. O evento contou com mais de 100 participantes, sendo a maioria produtores rurais. 

“O objetivo do evento foi apresentar formas alternativas de produção agrícola e contextualizar esses produtores no sentido de compreender que pode existir uma agricultura que seja menos agressiva ao meio ambiente, economicamente viável e nutricionalmente efetiva. Com isso, pode-se compor um sistema mais efetivo de produção”, comenta o professor Carlos Eduardo Caldarelli, um dos coordenadores do projeto.

Em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-PR), o Dia de Campo foi realizado na propriedade de Célio Ferracioli, que aproveitou a oportunidade para lançar seu livro “A Salvação da Lavoura”, que conta sua trajetória na agricultura orgânica e relatos de sua vida como agricultor.

Projeto Horta Escola 

A Horta Escola é um projeto interdisciplinar que busca promover diálogos entre a produção de alimentos, consciência ambiental, educação nutricional e economia doméstica.

Coordenado pelos professores Carlos Eduardo Caldarelli, do Departamento de Economia, Maurício Ursi Ventura, do Departamento de Agronomia, e Clísia Carreira, do Departamento de Patologia, Análises Clínicas e Toxicológicas (PAC), o projeto conta com a participação de estudantes de diversos cursos, como Agronomia, Economia, Nutrição, Biologia e Educação Física.

Com debates que englobam os alimentos que consumimos e a forma como nos alimentamos, o projeto é, segundo os coordenadores, fundamental no processo formativo dos estudantes por incorporar em sua formação profissional temas de grande atualidade e relevância.

*Estagiária na COM/UEL.

vestibular UEL 2023 inscrição
vestibular UEL 2023 inscrição
Vestibular-2023-uel
Vestibular-2023-uel
previous arrow
next arrow
Leia também