Inscrições para Programas de Residências Multiprofissionais em Saúde estão abertas

Inscrições para Programas de Residências Multiprofissionais em Saúde estão abertas

Os interessados podem fazer a inscrição até 12 de novembro. Bolsas têm remuneração de R$ 3.030,00 mensais.

Estão abertas as inscrições para profissionais interessados em participar da seleção dos Programas de Residência Multiprofissional em Saúde nas áreas de Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Odontologia (na área de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilar) e os Multiprofissionais (Saúde da Mulher e Saúde da Família). As inscrições custam RS 323,00 e poderão ser feitas até 12 de novembro, na página da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação, na aba RESIDÊNCIAS.

Ao todo serão oferecidas 74 vagas em 39 Programas. As residências têm características de pós-graduação, sob a forma de treinamento em serviço, em regime de 60 horas por semana e remuneração de R$ 3.030,00 mensais. De acordo com a professora Joice Cruciol, do Departamento de Ciências Farmacêuticas, do Centro de Ciências da Saúde (CCS), coordenadora da Comissão de Residências Multiprofissionais em Saúde (Coremu), esse ano, em virtude da pandemia, a grande maioria dos programas realizará a seleção por meio de prova remota, nos meses de novembro, dezembro e janeiro, além de análise curricular.

(Foto Ilustrativa: Assessoria/HU/UEL)

Segundo a coordenadora, por causa do modelo adotado, de prova virtual, a entrevista com análise curricular deverá ter peso maior no processo de seleção. Ela explica que atualmente a UEL tem 250 Residentes Profissionais de Saúde que atuam no Hospital Universitário (HU), Ambulatório de Especialidades do HU/UEL, no Campus; Unidades Básicas de Saúde de Londrina, Clínica Odontológica Universitária (COU) e no Hospital Veterinário (HV). Ela explica que a residência é um formação importante para o profissional que tem a oportunidade de unir teoria e prática e de realizar uma especialização trabalhando na área.

A UEL oferece oito programas em Residência de Enfermagem, dois de Farmácia, cinco na área de Fisioterapia, seis em Odontologia e 16 em Medicina Veterinária, além dos programas em Saúde da Mulher e de Saúde da Família, abertos a profissionais de várias áreas.

Suspensão – Os editais das Residências em Medicina Veterinária e de Odontologia, com exceção da área de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilar, ainda não foram abertos em virtude de indefinições no pagamento das bolsas dos residentes. Audiência Púbica realizada pela administração da UEL, no último dia 25 de setembro, com representantes da sociedade civil, debateu a manutenção das atividades desses residentes. A partir do próximo ano esses programas podem ficar sem previsão de pagamento dentro do orçamento estadual.

Atualmente os 66 residentes de Medicina Veterinária e 28 de Odontologia atuam diretamente no Hospital Veterinário (HV), Clínica Odontológica Universitária (COU), Bebê Clínica, no Hospital Universitário (HU/UEL) e Unidades Básicas de Saúde, garantindo serviços de enorme importância para a saúde pública da região, favorecendo sobretudo pessoas em maior vulnerabilidade.

banner mestrado
banner-03
previous arrow
next arrow
Leia também