UEL implanta série de medidas para retorno seguro das atividades administrativas presenciais

UEL implanta série de medidas para retorno seguro das atividades administrativas presenciais

Foram adquiridas 6 mil máscaras descartáveis, 400 máscaras tipo Face Shields e outras 100 de proteção individual.

Pedro Livorati

Agência UEL


As equipes do Serviço de Bem Estar à Comunidade (Sebec), da Prefeitura do Campus e da Vice-reitoria da UEL finalizam, essa semana, a distribuição de frascos de álcool 70 para todas as unidades do Campus para atender os servidores que, desde o último dia 22, estão trabalhando presencialmente. Estão sendo distribuídos cerca de 650 litros do produto, abastecendo 100% das unidades. As atividades administrativas presenciais foram retomadas seguindo o Ato Executivo, depois de sete meses de trabalho remoto em virtude da pandemia do Coronavírus.

A Universidade também disponibilizou um lote de equipamentos que deverão ser distribuídos nos próximos dias. Foram adquiridas 6 mil máscaras descartáveis, 400 máscaras tipo Face Shields e outras 100 de proteção individual, utilizadas em casos específicos. Estes materiais serão utilizados especialmente no atendimento presencial que, de acordo com o Ato Executivo, está previsto para ter início a partir de 15 de novembro. Também foram distribuídos 400 cartazes produzidos pela Gráfica da UEL com informações sobre o uso obrigatório de máscaras e outros cuidados.

Segundo a diretora do Sebec, Betty Finatti, a UEL entrou em licitação juntamente com o governo do estado e aguarda o final do processo para finalizar a compra de 300 termômetros que abastecerão o Campus e o Hospital Universitário (HU). Ela explicou que as máscaras descartáveis serão direcionadas às unidades para atender os servidores no caso de perda ou se a máscara de pano recomendada estragar durante o período de trabalho.

Ela explica que o Sebec obedece o Plano de Contingência, elaborado pelo grupo de trabalho Coronavírus (COVID – 19), que determina normas, protocolos e orientações de segurança sanitária a serem seguidos pela comunidade universitária neste momento. “Qualquer dificuldade ou situação excepcional deverá ser levada às chefias das unidades. Estamos seguindo um documento que estabelece um padrão de comportamento durante esse período”, ressalta a diretora.

Álcool 70%, protetores faciais e outros EPIs estão sendo encaminhados para unidades específicas

Além do Plano de Contingência, o Sebec segue Instrução de Serviço elaborada pela Pró-reitoria de Recursos Humanos (Prorh), que traz orientações como atuar em determinadas situações. Ela lembra, ainda, outros dispositivos legais como a Lei Estadual 20.189, de abril desse ano, e o Decreto 4.692, de maio, que obriga a utilização de máscara em todo o território paranaense, como medida de prevenção e de combate ao Coronavírus, além da Resolução 632 da Secretaria de Saúde (SESA) do Paraná, que também prevê obrigatoriedade do uso de máscara, preferencialmente de tecido.

De acordo com a diretora do SEBEC, as máscaras tipo EPIs são obrigatórias somente em algumas unidades e repartições específicas da UEL, como marcenaria, jardinagem e setor de solda, localizados na Prefeitura do Campus (PCU). “Estamos atendendo decretos e seguindo orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS). O objetivo é proporcionar a segurança dos servidores nesse momento de retorno presencial e de adaptação às novas normas”, ponderou a diretora.

Divulgação do vestibular da UEL - 2021
Leia também