Administração oficializa contratos para implantação de Sistema de Segurança Eletrônica no Campus

Administração oficializa contratos para implantação de Sistema de Segurança Eletrônica no Campus

Sistema de rádio substituirá o atual, com rádios digitais. É previsto o registro de placas de veículos e videovigilância, com instalação de 45 câmeras novas.

A reitora da UEL, Marta Favaro, assinou na última sexta-feira (29) três contratos para a implantação de um moderno Sistema de Segurança Eletrônica no Campus da UEL, que será amparado em três eixos – leitura de placas e controle de acesso de veículos, sistema de rádio comunicação digital, além do reforço e ampliação de um complexo de videovigilância em toda a extensão do Campus. Os contratos foram viabilizados mediante uma concorrência realizada em três lotes e representam um investimento de R$ 1,6 milhão proveniente de recursos próprios da Universidade.

O novo sistema deverá estar funcionando dentro de 90 dias e vai tornar o Campus da UEL ainda mais seguro, considerando toda a extensão da área e que a comunidade universitária soma cerca de 25 mil pessoas, entre estudantes, professores e servidores. Segundo a reitora, o sistema utilizará tecnologia de última geração e tem a função de prevenir e inibir ações que possam colocar membros da comunidade em risco. Outra vantagem do sistema está ligada à conservação do patrimônio público.

O vice-reitor, Airton Petris, destacou que o sistema deverá promover a segurança a partir da prevenção de atos de violência e vandalismo. A proposta é que os agentes de segurança da Prefeitura do Campus Universitário (PCU) possam realizar o monitoramento nas três frentes – via sistema de câmera, por meio de rádio comunicação digital e na identificação e monitoramento de veículos automotores.

Novos sistemas devem funcionar em 90 dias. Assinatura dos contratos reuniu a Reitoria e PCU (Agência UEL)

Sistemas de vigilância

O prefeito do Campus Universitário, Luiz Cláudio Buzeti, explica que a definição da demanda e o processo de licitação foi realizado durante o período de pandemia, nos últimos dois anos, o que exigiu esforço concentrado das equipes da PCU e da Pró-Reitoria de Administração e Finanças (Proaf), responsável pela concorrência para a seleção das empresas.

O sistema de rádio vai substituir o atual, que é analógico e apresenta limitações de alcance e demanda troca de baterias e manutenção contínuas. Foram adquiridos 36 rádios digitais de última geração, além de uma estação repetidora e três bases de operação. Para que o trabalho seja realizado aproveitando todo o potencial, os agentes deverão passar por um treinamento para operar a central de rádio.

Prefeito do Campus, Luiz Claudio Buzeti, em cerimônia de assinatura dos contratos de segurança da UEL (Agência UEL)

O novo sistema de leitura de placas de veículos vai substituir o atual e deverá ser ampliado para entradas estratégicas do Campus, na saída da Moradia Estudantil, na rotatória da Clínica Odontológica (COU) e na saída pela PR-445. Segundo Luiz Cláudio, foram adquiridos um software atualizado e 14 câmeras de leitura. A ideia é que os agentes de segurança produzam relatórios diários da entrada e saída de veículos no Campus, inclusive identificando carros ou motocicletas provenientes de furtos.

Por último, o sistema de videovigilância será ampliado com a aquisição de 45 câmeras novas que se somarão às 56 já instaladas, totalizando um sistema de 111 unidades com capacidade de cobrir 100% de toda a área do Campus. Os novos locais foram definidos a partir de critérios técnicos, que garantem visibilidade e segurança para a comunidade.

O sistema ainda inclui uma central de vídeo wall, com seis monitores de 55 polegadas. Além dos novos equipamentos, toda a área predial da Central de Monitoramento da Divisão de Segurança da PCU foi reformada e recebeu novo mobiliário.

A assinatura dos contratos com as empresas vencedoras do certame foi realizada na sexta à tarde, na Sala dos Conselhos. Além da reitora, vice-reitor, pró-reitores e diretores de unidades da UEL, também participaram da cerimônia os empresários Richard Lopes Palma, da RJ. Com e Fabiano Paulino, gerente de licitação da Smartseg Videovigilância. Também esteve presente o ex-prefeito do Campus da UEL e professor aposentado Laerte Mathias, responsável pela implantação do primeiro sistema de segurança da UEL, em 2003.

vestibular UEL 2023 inscrição
vestibular UEL 2023 inscrição
Vestibular-2023-uel
Vestibular-2023-uel
previous arrow
next arrow
Leia também