Equipe do HU/UEL faz testagem rápida para COVID-19 em 1º evento teste

Equipe do HU/UEL faz testagem rápida para COVID-19 em 1º evento teste

Os testes foram fornecidos pela Sociedade Rural. E o Hospital disponibilizou equipe composta por enfermeiros, técnicos de enfermagem, técnicos de laboratório, professores e residentes.

publicado por

Agência UEL


Uma equipe do Hospital Universitário (HU/UEL) foi responsável pela testagem rápida para COVID-19 durante o primeiro evento teste realizado dias 23, 24 e 25 de julho, no Parque de Exposições Ney Braga. Foi durante o 3º OPEN ROPE, competição desportiva de prova de laço com equinos, promovida pela Sociedade Rural do Paraná (SRP) em parceria com o HU/UEL e apoio do Ministério Público.

O HU/UEL realizou o planejamento das ações táticas operacionais necessárias e forneceu todo suporte logístico de recursos humanos especializado para a execução da ampla testagem para covid-19. Segundo a organização, foram respeitadas as medidas sanitárias impostas pelo momento de pandemia, trazendo segurança ao evento.

Um fluxograma de ações foi estabelecido com a finalidade de controle e otimização da ampla testagem, evitar possíveis aglomerações e melhorar a ordenação das ações propostas.

(Divulgação HU/UEL).

Os testes rápidos para COVID-19 foram fornecidos pela SRP; já o HU/UEL disponibilizou equipe composta por diversos colaboradores, entre eles enfermeiros, técnicos de enfermagem, técnicos de laboratório, docentes e residentes dos cursos de enfermagem e farmácia, estagiários, entre outros. A Divisão de Ensino e Pesquisa do HU/UEL e a Divisão de Assistência à Saúde da Comunidade do HU coordenaram as equipes e contaram com todo suporte da equipe administrativa da Sociedade Rural do Paraná.

Testagem rápida

A testagem ocorreu no esquema drive-in, no qual a amostra é coletada com o indivíduo dentro do carro, após ser realizada uma pré-triagem. O resultado do teste rápido era liberado em menos de 30 minutos e ao final do processo era entregue material informativo com orientações relacionadas às normas de segurança sanitárias que deveriam ser seguidas durante a competição e permanência no parque. As instruções fornecidas foram direcionadas de acordo com o desfecho dos testes.

O torneio foi em área aberta, estratificado por categorias, em dias e turnos pré-estabelecidos, e não foi liberado para público externo. Apenas os competidores tiveram acesso ao local, o controle de permanência foi por meio de pulseira colorida e identificada, fixada no pulso do competidor após o resultado negativo do teste rápido.

Como contrapartida pelo trabalho do HU/UEL, a Sociedade Rural entregou 1000 testes rápidos para o hospital, que serão direcionados para a retomada das cirurgias eletivas. Segundo a superintendente do Hospital Universitário, Vivian Feijó, “eventos testes, como esses, que agilizam o processo de detecção do novo coronavírus, podem ser importantes aliados nesse momento de controle da pandemia e retomada gradual de algumas atividades, contribuindo para que a sociedade supere esse desafio sanitário, econômico e comunitário, estabelecendo um novo modelo de ações implantadas dentro dos protocolos de segurança. Reconhecemos a iniciativa e parceria da Sociedade Rural do Paraná neste evento estratégico que ajuda na identificação e controle do novo coronavírus“, afirma.

(Com informações e texto da Assessoria de Imprensa do HU/UEL. FOTO: Divulgação/HU/UEL).

pss professor uel
especializaçao pos uel
isenção vestibular uel
PSS-UEL
especializacao-uel-2022
isencao-vestibular-uel-2023
previous arrow
next arrow
Leia também