Professores e alunos do CCS participam de encontro sobre democracia e SUS

Professores e alunos do CCS participam de encontro sobre democracia e SUS

O evento reúne representantes de diversas instituições e de órgãos públicos do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Professores, pesquisadores e estudantes da pós-graduação, do Centro de Ciências da Saúde (CCS), participam da organização do Encontro Sul 2021 – Resistências do Sul: Em Defesa das Vidas, da Democracia e do SUS, que será realizado dias 22 e 23 de outubro em formato virtual. O evento é gratuito e aberto para todos os públicos interessados na temática SUS e democracia. As inscrições podem ser feitas AQUI.

O encontro tem como objetivos compartilhar experiências de pensamentos e inovações nas áreas de saúde e educação, além de discutir políticas públicas e ações para o fortalecimento da democracia e do SUS. Também será a oportunidade de preparar o 15º Congresso Internacional da Rede Unida, que está marcado para junho de 2022, em Vitória no Espírito Santo.

Organizado pela Regional Sul da Associação Brasileira da Rede Unida, o evento reúne representantes de diversas instituições e de órgãos públicos do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

(Divulgação).

“Quando a gente fala em saúde não está restrito a uma visão biológica, mas sim pensando em saúde como qualidade de vida, direitos preservados, condições de viver, horizontalidade na democracia, uma visão ampliada”, afirma a Rossana Staevie Baduy, coordenadora da Seção Regional Sul Rede Unida e professora aposentada do Departamento de Saúde Coletiva, do CCS.

Segundo Rossana, a Universidade participa ativamente desde a criação da Rede Unida em 1985. “Desde o início o CCS esteve ativamente participando da organização da Rede, de práticas de integração docente, assistencial e com a comunidade”, conta.

Programação

Em atividades simultâneas, no dia 23 de outubro, representantes da UEL participam de diversos debates, a partir das 14h30. A professora Marselle Nobre de Carvalho, do Departamento de Saúde Coletiva, do CCS, será uma das convidadas da mesa intitulada “O SUS como sistema sanitário e processo civilizatório: relembrando as origens”.

Na mesa “Educação e trabalho na saúde: derrubando muros, construindo pontes”, estará a professora Beatriz Zampar, do Departamento de Saúde Coletiva, do CCS. Participará do debate “A saúde mental e o trabalho docente, discente e sócio sanitário: a pandemia pede cuidado”, a psicóloga do Serviço de Bem-Estar à Comunidade (SEBEC), Carla Pagnossim.

“Violência, vulnerabilidades e saúde: velhos problemas, novos desafios” é o tema da mesa em que fará parte a professora Flávia Fernandes de Carvalhaes, do Departamento de Psicologia Social e Institucional, do Centro de Ciências Biológicas (CCB). Outro convidado é o professor Reginaldo Moreira, do Departamento de Comunicação, do Centro de Educação, Comunicação e Artes (CECA), que participará da mesa “De que direitos e de que humanos falamos quando tratamos de Direitos Humanos?”. Toda a programação prévia pode ser conferida na página do Encontro Sul da Rede Unida.

Comissão científica

Além de Rossana Staevie Baduy, participam da comissão científica do evento as professoras Marselle Nobre de Carvalho e Josiane Vivian Camargo de Lima, ambas do Departamento de Saúde Coletiva; os doutorandos Carlos Guilherme Meister Arenhart, Joamara de Oliveira Pimentel, João Felipe Marques da Silva, Karla Giovana Bavaresco Ulinski e Silvia Karla Azevedo Vieira Andrade; e a mestranda Liz Bárbara Esteves Araujo.

pss professor uel
especializaçao pos uel
isenção vestibular uel
PSS-UEL
especializacao-uel-2022
isencao-vestibular-uel-2023
previous arrow
next arrow
Leia também