Cerimônia de passagem da lâmpada reúne professores e alunos do curso de Enfermagem

Cerimônia de passagem da lâmpada reúne professores e alunos do curso de Enfermagem

Este ano, excepcionalmente, as lâmpadas foram entregues aos alunos por 11 professores do Departamento de Enfermagem.

Estudantes  do curso de Enfermagem – Centro de Ciências da Saúde (CCS) – participaram na última sexta-feira (12) da tradicional cerimônia de “Passagem da Lâmpada”, que marca a ida do 3º para o 4º ano, período em que se iniciam os estágios. Realizado no Anfiteatro Cyro Grossi, no Centro de Ciências Biológicas (CCB), o evento contou com a participação dos 40 alunos da Turma 66, além de professores convidados, e foi transmitido aos familiares e amigos pelo canal UELoficial

O objetivo do rito, segundo a coordenadora do curso, Daniele Biguetti Martins Lopes, é demonstrar a importância aos futuros enfermeiros que “ao escolher essa profissão, assumem o compromisso de manterem sempre acesa a chama de uma busca incessante para obtenção do conhecimento científico, assim como a responsabilidade em acolher e cuidar dos seres humanos de forma holística e humanizada”. 

Tradicional cerimônia de passagem da lâmpada marca início dos trabalhos de estágios dos alunos do 4º ano.

A professora explica que geralmente os estudantes do último ano entregam a lâmpada para os do 3°. Porém, devido à pandemia, a cerimônia não pode ser realizada em 2020 e os estudantes se formaram. Foi por este motivo que, de forma excepcional, a lâmpada foi entregue na cerimônia deste ano por 11 professores escolhidos pela turma. 

Os professores do Departamento de Enfermagem que entregaram a lâmpada foram os seguintes: Andréia Bendine Gastaldi, Catia Campaner Ferrari Bernardy, Daniele Biguetti Martins Lopes, Flávia Lopes Gabani, Gilselena Kerbauy Lopes, Gisele Andrade Menoll, Marília Ferrari Concho, Natalia Marciano de Araújo Ferreira, Regina Célia Bueno Rezende Machado, Renata Perfeito Ribeiro e Sarah Nancy Hegeto. 

Também participaram da cerimônia o vice-reitor Décio Sabbatini Barbosa, e os professores Karen Brajão de Oliveira, do Departamento de Ciências Patológicas, e Marcelo Rodrigues de Melo, do Departamento de Bioquímica e Biotecnologia. 

Solenidade contou com professores do Departamento de Enfermagem e alunos de duas turmas do curso.

A Dama da Lâmpada

O rito de passagem da lâmpada faz alusão à enfermeira Florence Nightingale que atuou na Guerra da Crimeia, de 1853 a 1856, e com seu trabalho conseguiu reduzir o número de mortos entre os feridos em combate. Todas as noites, ela percorria os dormitórios com uma lâmpada a óleo para ver os pacientes, por isso ficou conhecida como a “A Dama da Lâmpada”.

Curso – Prestes a comemorar o jubileu de ouro, o curso de Enfermagem da UEL completou 49 anos de criação em maio de 2021. Ele antecede a criação do Sistema Único de Saúde (SUS) e, por isso, a atuação dos professores pioneiros é de relevância para a comunidade de Londrina desde sua implantação. Atualmente, o Departamento de Enfermagem conta com 48 professores, distribuídos em oito áreas ligadas à graduação e pós-graduação.

Todos os anos, 60 estudantes ingressam no curso de Enfermagem da UEL, que já formou quase três mil profissionais ao longo dos 49 anos. A atuação prática em Laboratórios e no HU/UEL, e as aulas teóricas, com professores mestres e doutores, contribuem para a formação dos alunos.

Os 40 estudantes da turma 66 receberam réplica de uma lâmpada.
banner mestrado
banner-03
previous arrow
next arrow
Leia também