Novo Ato Executivo prorroga obrigatoriedade de máscara no reinício das aulas

Novo Ato Executivo prorroga obrigatoriedade de máscara no reinício das aulas

Prorrogação vai até o dia 31 de agosto para locais fechados. Para locais abertos, o uso de máscara é recomendado.

Ato Executivo assinado nesta quinta-feira (28) pela reitora da UEL, Marta Favaro, determina a obrigatoriedade do uso de máscara facial de proteção individual em ambientes fechados da UEL e recomenda o seu uso em locais abertos do Campus e das demais unidades da instituição. O ato executivo tem validade até 31 de agosto. O documento orienta procedimentos a serem adotados pela comunidade universitária a partir da próxima segunda-feira (1º), quando terá início o ano letivo 2022.

A partir da próxima semana, cerca de 17 mil alunos de graduação e de pós-graduação de vários estados brasileiros retomam as aulas no formato presencial. Deste total, cerca de 3 mil iniciarão as atividades acadêmicas. Servidores e estudantes lotados no Centro de Ciências da Saúde (CCS) deverão seguir o regramento previsto para o Hospital Universitário (HU) da UEL, onde o uso de máscara é obrigatório.

O ato executivo considerou normas vigentes de saúde pública, dentre elas, o Decreto Estadual nº 11.496, de 27 de junho de 2022, que prorrogou o estado de calamidade pública para fins de enfrentamento da epidemia do Coronavírus até agosto. Também pesaram na decisão o cenário registrado em Londrina e no Paraná – onde ainda não se verificou tendência estável na redução do número de notificações e da taxa de positividade -, e as recomendações do Comitê Técnico de Enfrentamento à Covid 19 da UEL, instituído pela Portaria nº 2.396, de 29 de junho de 2022.

Leia a íntegra do Ato Executivo nº 108/2022.

vestibular UEL 2023 inscrição
vestibular UEL 2023 inscrição
Vestibular-2023-uel
Vestibular-2023-uel
previous arrow
next arrow
Leia também