Projeto de ensino leva história para estudantes e comunidade externa

Projeto de ensino leva história para estudantes e comunidade externa

Trata-se de uma série de programas a serem veiculados aos sábados, a partir das 13 horas, na UEL FM, para apresentar e discutir importantes fatos ligados à História.

Todos os professores do Departamento de História do Centro de Letras e Ciências Humanas (CCH) da UEL estão envolvidos no projeto de extensão chamado “A Peroba: Um Programa de História Raiz”, dentro do projeto de ensino “História e Tecnologia”, coordenado pelos professores Maria Renata da Cruz Duran, Lukas Gabriel Grzybowski e Mariana Oliveira Arantes. Trata-se de uma série de programas a serem veiculados aos sábados, a partir das 13 horas, na emissora UEL FM, para apresentar e discutir importantes fatos, personagens e temas ligados à História.

Esta primeira temporada prevê 12 programas, que vão abordar uma grande variedade de assuntos, como a Historiografia e Memória, o Museu e o Tempo, História do Brasil e o Rádio, Guerras Mundiais, História da América Latina, Fotografia e Memória, entre outros. O que vale salientar é que todas as áreas do Departamento vão participar.

A série não só é uma atividade acadêmica, voltada aos estudantes, como quer alcançar toda a sociedade. A professora Mariana Oliveira Arantes, uma das coordenadoras, lembra que existem questões específicas, dirigidas aos alunos, mas que os programas são para todos. O projeto foi criado em resposta ao contexto excepcional que impede as atividades presenciais normalmente. O Departamento de História se mobilizou para produzir a série, a fim de promover a educação e engajamento do corpo discente da Instituição, bem como a divulgação das atividades docentes departamentais à sociedade e envolvê-la nas reflexões. Assim, os programas foram planejados para um público abrangente, interessado em História e em suas “raízes”, ou seja, em fontes fidedignas.

Os programas serão conduzidos pelos próprios professores do Departamento de História, do CCH (FOTO: Pixabay)

O projeto objetiva, portanto, “democratizar o saber histórico por meio de sua difusão radiofônica para toda a região metropolitana de Londrina, no alcance da UEL FM; além de ampliar a visibilidade das atividades docentes junto à população em geral”. E também “promover a formação do corpo discente e a divulgação das atividades docentes dos professores do Departamento de História junto aos alunos dos cursos de licenciatura em História, propiciando o contato dos mesmos com o conteúdo das disciplinas, mediante a exposição de seus conteúdos via rádio”, segundo os coordenadores.

Quanto ao formato, a série será bem dinâmica. Os próprios professores conduzirão os programas. Alguns trarão entrevistas, outros apenas narrações ou apresentações, e outros ainda terão convidados externos. Mas todos com música. A professora Mariana Arantes lembra que, por causa dos cuidados sanitários, os professores estão gravando em casa mesmo, o que às vezes limita as condições de produção.

História Raiz – A ideia da “História Raiz” vem justamente da originalidade de fontes históricas exigida pelo rigor historiográfico, assim como se refere à autenticidade de práticas sociais. Ou seja, busca a veracidade na autenticidade, além da legitimidade de uma História escrita (e no caso falada) por profissionais da área, combatendo as notícias falsas. A professora Mariana destaca a importância de valorizar os historiadores, que são profissionais especialistas e diferenciados e que atualmente têm sido ainda mais relevantes em razão das “fake news”.

pss professor uel
especializaçao pos uel
isenção vestibular uel
PSS-UEL
especializacao-uel-2022
isencao-vestibular-uel-2023
previous arrow
next arrow
Leia também