Simpósio discute produção leiteira com pesquisadores e produtores

Simpósio discute produção leiteira com pesquisadores e produtores

As inscrições estão abertas até dia 18 de setembro. Os três dias de atividades têm palestras sobre produção de queijo artesanal, entre outros temas.

O Grupo de Estudos de Bovinocultura Leiteira (GEBOL), associado ao Departamento de Zootecnia, do Centro de Ciências Agrárias (CCA), promove, entre os dias 21 e 23 de setembro, o IV Simpósio sobre Produção Leiteira da UEL. As inscrições para o Simpósio estão abertas até o dia 18 de setembro, são gratuitas e podem ser feitas pela página de Eventos do site da UEL – Simpósio/GEBOL. Aos participantes, será emitido um certificado de participação ao fim do evento.

Em três dias de evento, os participantes da área de Agrárias e afins poderão conferir palestras sobre produção de queijo artesanal, instalações e conforto térmico  em bovinos leiteiros, com especialistas e produtores rurais. De acordo com a coordenadora do GEBOL e professora do Departamento de Zootecnia, Carolina Amália de Souza Dantas Muniz, o evento busca trazer, anualmente, temas de interesse da comunidade acadêmica e de produtores. “Em razão disso, sempre chamamos um produtor para participar como palestrante ”, comenta. “É importante contextualizar o mercado para nossos estudantes e trazê-los mais próximos da realidade que os produtores enfrentam no dia-a-dia”, reflete a professora do Departamento de Zootecnia Odimari Priscila Prado Calixto, que também coordena o evento.

(Divulgação/GEBOL).

Programação

A palestra do dia 21, com o tema “Do ambiente ao queijo: História, manejo e queijos autorais na fazenda Atalaia Amparo – SP”, será ministrada pelos produtores Paulo José Matta Rezende e Thiago Ventura, da Fazenda Atalaia. “São produtores locais que fogem do que podemos chamar de uma ‘indústria’ do queijo. São produções artesanais”, explica a professora.

(Divulgação/GEBOL).

No dia 22, o evento prossegue com a exposição “Produção intensiva de leite em sistema compost barn”, com a pesquisadora Rafaella Resende  Andrade, da Universidade Federal de Viçosa (UFV). A palestra visa debater a produção leiteira por meio do uso de um sistema mais agradável aos animais. “O compost barn é um sistema que fornece mais comodidade ao animal, mais espaço e mais  conforto. Isso melhora a produção do leite e o bem-estar animal, embora a questão do manejo da cama dos animais exija maior atenção”, ressalta a Odimari.

Já no dia 23, o evento encerra com a palestra “Como produzir leite em um clima cada vez mais quente?”, com o doutorando em Zootecnia pela FZEA/USP Emanuel Manica. O pesquisador estuda ondas de calor e conforto térmico para vacas leiteiras, “tema de grande importância, principalmente em sistemas de produção com vacas confinadas”, afirma Carolina.

Mais informações sobre o evento podem ser obtidas na página GEBOL.

vestibular UEL 2023 inscrição
vestibular UEL 2023 inscrição
Vestibular-2023-uel
Vestibular-2023-uel
previous arrow
next arrow
Leia também