Inscrições para o vestibular dos povos indígenas do Paraná terminam dia 30

Inscrições para o vestibular dos povos indígenas do Paraná terminam dia 30

As provas serão aplicadas nos dias 12 e 13 de junho, nas cidades de Curitiba, Londrina, Manoel Ribas, Nova Laranjeiras e Mangueirinha.

As inscrições para a 21ª edição do Vestibular dos Povos Indígenas do Paraná estarão abertas até o último sábado do mês (30). Neste ano, são ofertadas 52 vagas suplementares para ingresso nos cursos de graduação das sete universidades estaduais e da Universidade Federal do Paraná (UFPR), para ingresso no ano letivo de 2022.

Para concorrer às vagas nas universidades estaduais é preciso ser reconhecido como indígena, por meio de documento comprobatório assinado pelo cacique da comunidade ou, caso o candidato opte pela inscrição na UFPR, por um representante da Fundação Nacional do Índio (Funai). Além disso, para participar da seletiva é necessário ter concluído o Ensino Médico e não possuir diploma de curso superior. Após a classificação, os aprovados podem escolher o curso no qual irá se matricular.

(FOTO: Divulgação/SETI).

A inscrição pode ser feita eletronicamente, por meio de correspondência ou pessoalmente. Na candidatura pela internet, o estudante deverá preencher o formulário disponível AQUI e anexar os documentos solicitados. Se o candidato optar pela inscrição manual, será necessário preencher os documentos e enviá-los pelos Correios ou entregá-los pessoalmente nas secretarias acadêmicas. O endereço de cada uma está disponível no edital.

As provas serão aplicadas nos dias 12 e 13 de junho, nas cidades de Curitiba, Londrina, Manoel Ribas, Nova Laranjeiras e Mangueirinha. O resultado está previsto para o dia 1º de julho.

POVOS INDÍGENAS NAS UNIVERSIDADES

O Paraná é o único estado que possui o vestibular indígena como política estadual, com a reserva de vagas suplementares para indígenas ingressarem no Sistema de Ensino Superior Público por meio da Lei Estadual nº 13.134/2001, modificada pela Lei Estadual 14.995 de 2006.

Atualmente, 265 estudantes indígenas estão matriculados em cursos de graduação nas universidades estaduais e na UFPR. Até 2021, se formaram nas estaduais e na UFPR, 166 indígenas.

O vestibular é realizado anualmente pelas universidades, que se revezam na organização e aplicação das provas. Neste ano, a Universidade Estadual do Paraná (Unespar) é a responsável por organizar o concurso em parceria com as universidades estaduais de Maringá (UEM), de Londrina (UEL), de Ponta Grossa (UEPG), do Norte do Paraná (UENP), do Oeste do Paraná (Unioeste), do Centro-Oeste (Unicentro), Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Comissão Universidade para os Índios (CUIA),vinculada a Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti).

Serviço

XXI Vestibular dos Povos Indígenas no Paraná.

Período de inscrições: 1 de abril a 30 de abril de 2022.

Taxa de inscrição: gratuito.

Aplicação da prova: 12 de junho e 13 de junho de 2022.

Divulgação do resultado: 1º de julho de 2022.

Matrículas: a partir de 1º de julho de 2022.

(Com informações e FOTO da SETI).

banner mestrado
banner-03
previous arrow
next arrow
Leia também