Projeto contemplado com R$ 100 mil da CAPES investiga efeitos da COVID-19 na educação

Projeto contemplado com R$ 100 mil da CAPES investiga efeitos da COVID-19 na educação

São recursos do Programa PDPG-Impactos da Pandemia. Também serão concedidas bolsas de doutorado, mestrado e pós-doutorado.

Com bolsas de pós-graduação e verbas para custeio oferecidas pelo Programa de Desenvolvimento da Pós-Graduação (PDPG) – Impactos da Pandemia da CAPES, a Universidade Estadual de Londrina (UEL) pesquisará os impactos da pandemia de COVID-19 sobre os hábitos de leitura das crianças e nas práticas pedagógicas nas escolas. A intenção  é mapear dados e analisar práticas aplicadas pelos professores, de modo a identificar as iniciativas pedagógicas bem-sucedidas e os retrocessos no universo da leitura.

Com esta ação, a UEL pretende “propor ações inovadoras acerca da formação dos leitores, oferecer subsídios para a construção coletiva de material didático-pedagógico, proporcionar formação continuada aos professores e contribuir para a elaboração de políticas públicas na área de educação”, explica Adriana Regina de Jesus, professora do Departamento de Educação/CECA, coordenadora do projeto selecionado pela CAPES no edital 12/2021.

A Universidade receberá R$100 mil em recursos de custeio às pesquisas. Também serão concedidas três bolsas de doutorado, quatro de mestrado e outras três de pós-doutorado.

Adriana de Jesus observa que “ter esse projeto aprovado junto com outras importantes universidades do Brasil é motivo de muito orgulho e um indicativo de que nossa instituição de ensino, juntamente com os professores, mestrandos, doutorandos e egressos do Programa de Pós-Graduação em Educação da UEL, está no caminho certo”.

Sobre o Programa
PDPG – Impactos da Pandemia é o quarto edital do Programa Estratégico Emergencial de Prevenção Combate a Surtos, Endemias, Epidemias e Pandemias, que tem a finalidade de incentivar estudos sobre a prevenção e o enfrentamento à COVID-19 e outras doenças. Estão previstos investimentos de até R$25,1 milhões.

(Com texto e informações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES).

banner mestrado
banner-03
previous arrow
next arrow
Leia também