Recepção aos ingressantes reforça tema da campanha “Antes de Tudo #EuRespeito”

Recepção aos ingressantes reforça tema da campanha “Antes de Tudo #EuRespeito”

Ao menos 3,1 mil ingressantes devem participar da programação, que inclui apresentação teatral e show de rock.

Com o início do primeiro período letivo de 2022, nesta segunda-feira (1º), a UEL dá as boas-vindas aos novos alunos na Semana de Recepção dos Ingressantes (SER-UEL). Ao menos 3,1 mil ingressantes devem participar da programação, que tem início com ações voltadas à promoção da convivência entre os alunos recém-chegados e estudantes de 2º e 3º anos e à apresentação da estrutura da instituição. Neste mesmo período, os ingressantes precisam realizar a confirmação de matrícula no portal da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd). A programação da Semana de Recepção dos Ingressantes também conta com ações solidárias e apresentações das baterias dos cursos, além dos serviços oferecidos à comunidade universitária, entre outras atividades definidas pelos colegiados.

Ingressantes e demais estudantes do Centro de Ciências da Saúde (CCS) estiveram reunidos no Anfiteatro Cyro Grossi (CCB) para o primeiro contato com a diretora do Centro, a docente Sarah Nancy Hegeto. A recepção, repleta de orientações e mensagens de acolhimento, também contou com um show de rock e uma apresentação teatral. 

Em sua fala de boas-vindas, a reitora da UEL, Marta Favaro, aproveitou para cumprimentar também os alunos que chegaram na universidade durante a vigência do ensino remoto emergencial, adotado em decorrência da suspensão das atividades presenciais por conta da pandemia da Covid-19.

Marta também reforçou o tema da campanha “Antes de Tudo #EuRespeito”, cujo objetivo é promover boas práticas de convivência, inclusão e diversidade pela comunidade universitária. “Aos colegas que estão a partir do segundo período, sejam muito acolhedores com aqueles que estão chegando agora. Porque entrar na vida universitária é um desafio, é um mundo diferente com algumas outras exigências que vocês vão começar a construir a partir de agora”, disse. 

Veja as fotos da recepção aos novos estudantes abaixo:

WhatsAppImage2022-08-02at0940504
WhatsAppImage2022-08-02at094050
WhatsAppImage2022-08-02at094051
WhatsAppImage2022-08-02at0940512
WhatsAppImage2022-08-02at0940511
WhatsAppImage2022-08-02at0940501
WhatsAppImage2022-08-02at0940502
previous arrow
next arrow

CCA 

Outro momento de integração ocorreu no Centro de Ciências Agrárias (CCA). Ingressante no curso de Agronomia, Luís Felipe Palma, 18, participou de um café da manhã comunitário promovido no Centro de Vivências do Departamento de Agronomia. Animado com o início do ano letivo, disse que estudar na UEL é um sonho de infância e que passou a ganhar novas perspectivas nos últimos meses, a partir da aprovação no Vestibular. “Antes do Vestibular eu havia visitado aqui o CCA (Centro de Ciências Agrárias), a UEL inteira, achei muito legal e sempre foi um sonho. Espero que seja muito bom, estou muito empolgado. Realmente, quero extrair o máximo que a UEL pode proporcionar, que é muita coisa, pelo que estou vendo”, disse.

Em seguida, no mesmo centro, alunos do curso de Medicina Veterinária foram recebidos com a aula magna “Qualidade de Vida Para Sobreviver em Tempos Difíceis”, do docente do Departamento Medicina Veterinária Preventiva Italmar Teodorico Navarro. 

Cidadania 

Buscando oferecer uma formação que vá muito além da preparação dos estudantes através do conhecimento teórico e da capacitação técnica, a UEL segue acreditando que um dos pilares do seu processo educacional é a cidadania. Neste sentido, os alunos vêm sendo incentivados desde a Semana de Recepção dos Ingressantes a zelar pelo patrimônio da instituição, assim como a promoverem o cuidado da estrutura da universidade em suas ações acadêmicas e durante os momentos de lazer. 

Em sua mensagem de boas-vindas, o diretor do CCB, Paulo Cesar Meletti, também incentivou os ingressantes a se colocarem dentro dos espaços de debate e de tomada de decisões, participando como agentes de transformação durante o percurso acadêmico. “Parece clichê dizer que todo o ser humano é um ser político, mas é mesmo”, brincou. “Então, participem das comissões, dos Centros Acadêmicos, empresas juniores, atléticas e baterias”, concluiu. 

Convivência com Macacos

“Famosos” por tentarem roubar alimentos, invadir as salas de aula e abordarem os estudantes, os cerca de 40 macacos-prego que habitam o campus da UEL costumam atrair a atenção da comunidade acadêmica. Entretanto, este contato pode render situações nada agradáveis, especialmente se algumas regras não forem respeitadas.

Na tarde desta segunda-feira, os ingressantes dos cursos do Centro de Ciências Biológicas (CCB) foram orientados em uma palestra a não alimentarem os “moradores”. Além de provocar o aumento da população, alimentar os primatas poderia facilitar o surgimento de doenças e incentivar um comportamento agressivo devido ao hábito de roubar ou ganhar alimentos das mãos das pessoas. 

Coordenadora do Laboratório de Ecologia e Comportamento Animal (Leca), a docente do Departamento de Biologia Animal e Vegetal Ana Paula Vidotto Magnoni explicou aos novos alunos quais são os comportamentos que devem ser evitados. O principal deles é sorrir para os macacos, uma vez que mostrar os dentes pode ser interpretado como um sinal de ameaça. Para não serem atacados, os estudantes não devem encarar os animais, nem fazer movimentos bruscos ou bater palmas para espantá-los.

De acordo com ela, os primatas podem ser vistos com maior frequência nas áreas de mata do Centro de Ciências Exatas (CCE), Centro de Letras e Ciências Humanas (CLCH), Centro de Tecnologia e Urbanismo (CTU) e Centro de Estudos Sociais Aplicados (Cesa). 

vestibular UEL 2023 inscrição
vestibular UEL 2023 inscrição
Vestibular-2023-uel
Vestibular-2023-uel
previous arrow
next arrow
Leia também