Projeto de extensão aborda práticas do ensino de História

Projeto de extensão aborda práticas do ensino de História

São programas gravados e disponibilizados por tempo limitado na plataforma Youtube. O acesso será feito por endereço eletrônico privado

“Promover discussões e práticas relacionadas ao ensino de História e ao estágio supervisionado”. Este é um dos objetivos do projeto de extensão “O ensino de História no tempo presente – Devir Históri@”, do Departamento de História do Centro de Letras e Ciências Humanas (CCH). O projeto consiste em programas gravados, que serão disponibilizados por tempo limitado na plataforma Youtube. O acesso será feito por endereço eletrônico privado, a ser enviado ao inscrito no projeto.

A inscrição pode ser feita a partir do próximo dia 21 de agosto – AQUI. Para recebimento do material e informações do projeto, os interessados devem preencher FORMULÁRIO online.

“A formação de professores tem passado por um difícil processo para se adequar às demandas contemporâneas”, afirma a coordenadora do projeto, a professora Patrícia Marcondes de Barros. Segundo ela, há a exigência de reflexões constantes sobre a necessidade de uma formação acadêmica que dê conta da complexidade e da diversidade que os professores enfrentam no cenário atual do cotidiano escolar.

Programação traz palestras, cursos e oficinas, além de convidados de diferentes instituições de ensino. “Através do ciclo de palestras, cursos e oficinas que começam em setembro, serão discutidos temas relacionados desde a cultura digital à saúde mental dos professores”, explica a professora Patrícia Marcondes de Barros, destacando que o projeto de extensão está cadastrado no Sistema de Eventos e Cursos da UEL.

(Divulgação)

Programas – A série de programas do projeto será veiculada de setembro a novembro pelo Youtube. Os dois primeiros programas são “Protagonismos e invisibilidades de mulheres negras no ensino de história”, com a professora Renata Melo, da Universidade de Brasília (UNB), com carga horária de 8 horas; e “Perspectivas de gênero e silenciamentos no ensino de história”, com a professora Eliane Basílio de Oliveira, da UNICURITIBA e do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia e Sociedade da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), também com 8 horas de carga horária.

Colaboradores – “O ensino de História no tempo presente – Devir Históri@” tem participação como colaboradores, da professora Ana Heloísa Molina, do professor Cristiano Biazzo Simon, da professora Maria de Fátima da Cunha, da pós-graduanda Bianca Coelho e dos estudantes do curso de História Heloísa Camargo, Inês Caroline Lellis e Marcelo Kloster Júnior. “Contamos também com a parceria do Grupo de Estudos e Pesquisa em Ensino, História e Educação da Universidade Federal da Grande Dourados”, afirma a professora Patrícia Marcondes de Barros.

Informações sobre a proposta pelo e-mail: devirhistoria@gmail.com.

pss professor uel
especializaçao pos uel
isenção vestibular uel
PSS-UEL
especializacao-uel-2022
isencao-vestibular-uel-2023
previous arrow
next arrow
Leia também