Páginas dos Centros de Estudos ganham nova identidade visual e layout responsivo

Páginas dos Centros de Estudos ganham nova identidade visual e layout responsivo

Parceria entre a Coordenadoria de Comunicação, ATI, Centros de Estudos contou com apoio de alunos do curso de Ciência da Computação.

A UEL, por meio da Coordenadoria de Comunicação Social (COM) e a Assessoria de Tecnologia da Informação (ATI), entregaram nesta terça-feira (6) os novos sites dos Centros de Estudos que passam a utilizar um padrão de identidade visual e garantem maior autonomia para realizar a divulgação de eventos, projetos de pesquisa e programas, agenda, visitas e demais informações que acontecem nas instâncias acadêmicas. A entrega foi feita durante reunião virtual com a participação dos nove diretores de Centros, do reitor da UEL, Sérgio Carvalho, do vice-reitor, Décio Sabbatini Barbosa, acompanhados de pró-reitores, diretores de órgãos e unidades da UEL.

A entrega dos novos layouts corresponde à mais uma etapa do processo de melhoria e modernização da comunicação virtual da Universidade, que teve início com a evolução para a plataforma de editoração Word Press, que permitiu que o conteúdo passasse a ser responsivo, ou seja, adaptado a todas às plataformas. Posteriormente, no ano passado, foi lançado o site Perobal, de responsabilidade da Coordenadoria de Comunicação, e que hospeda as notícias e informações oficiais.

Novos layouts correspondem à mais uma etapa do processo de melhoria e modernização da comunicação virtual da Universidade.

Nesta nova ação, a proposta é envolver mais os estudantes, os Agentes Universitários e professores a partir de maior interação com os Centros no processo de comunicação. Com os novos sites, diretores, Conselhos de Centro e demais instâncias acadêmicas terão autonomia para divulgar informações que entenderem ser importantes como eventos, visitas, reuniões internas projetos e programas de pesquisas.

Segundo o reitor Sérgio Carvalho, a implementação de mais esta etapa demonstra a capacidade da equipe da Universidade em superar adversidades. Ele explicou que no ano passado, no início da pandemia do novo Coronavírus, a UEL precisou traçar uma sólida política de comunicação para reforçar sua imagem e informar, com clareza, as ações que estavam sendo desenvolvidas na saúde, pesquisa, ensino, extensão e outras. “A estratégia foi apostar na comunicação. Hoje a Universidade é reconhecida pelo trabalho desenvolvido, mais que isso, por tudo o que ainda pode fazer”, explicou ele.

Alcance – Para o Coordenador de Comunicação, professor Sérgio Gerelus, os números de visualizações registrados nos últimos anos demonstram crescimento do público leitor, sendo que 80% dos acessos são originados a partir do telefone celular. Em 2018, explicou o Coordenador, a UEL registrou 650 mil visualizações em seu site. No ano passado, esse número saltou para 1,3 milhão e a expectativa para 2021 é fechar com 1,5 milhão de views. “Isto significa dizer que as pessoas estão nos procurando pela Internet. Lá é o nosso Campus por isso importante cuidar da informação”, definiu.

O coordenador da Assessoria de Tecnologia da Informação (ATI), Wellington Cardador, explicou que a pandemia literalmente colocou a informação virtual em uma vitrine. Daí a importância em apresentar novas tecnologias e pensar em conforto e facilidades para o público-leitor. Ele destacou que todo o trabalho de reformulação só foi possível pela divisão do trabalho interno na ATI, com a atuação de estudantes estagiários do curso de Ciência da Computação, e também pela divisão de tarefas com a Coordenadoria de Comunicação.

Todo o trabalho foi realizado pela Fábrica de Softwares da ATI, acompanhada pelos diretores da unidade, Leonardo da Mota Pinheiro, Cecília Koyama e Humberto Ferreira Luz Junior. Participaram do desenvolvimento das novas ferramentas, layout e migração os estagiários Vinicius Marino Luciano, Matheus Barbiero Bastos e Melvi Trevisan Ferreira, do curso de Ciência da Computação da UEL.

Repercussão – O diretor do Centro de Ciências Biológicas (CCB), Paulo Meletti, destacou a qualidade final do trabalho e o empenho das equipes da ATI e COM no desenvolvimento das páginas. “Foi uma experiência muito positiva, baseada na integração”, resumiu o diretor. Já diretora do Centro de Ciências Agrárias (CCA), Patrícia Pereira, afirmou que foi preciso aprender e buscar se inteirar sobre novas tecnologias e ferramentas. “Com tudo o que estamos passando em virtude da pandemia, lançar uma página nova é uma grande conquista”, comemorou a diretora.

Conheça abaixo os novos layouts dos nove Centros de Estudos da Universidade:

CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE – CCS.

CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS – CCA.

CENTRO DE ESTUDOS SOCIAIS APLICADOS – CESA.

CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS – CCB.

CENTRO DE EDUCAÇÃO, COMUNICAÇÃO E ARTES – CECA.

CENTRO DE LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS – CLCH.

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS – CCE.

CENTRO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE – CEFE.

CENTRO DE TECNOLOGIA E URBANISMO – CTU.

pss professor uel
especializaçao pos uel
isenção vestibular uel
PSS-UEL
especializacao-uel-2022
isencao-vestibular-uel-2023
previous arrow
next arrow
Leia também