Principais entradas do Campus serão liberadas para acesso dos candidatos

Principais entradas do Campus serão liberadas para acesso dos candidatos

Acesso dos candidatos às salas de provas localizadas no Campus será liberado a partir das 13 horas.

Willian C. Fusaro

Agência UEL


As três principais entradas do campus universitário estarão liberadas neste domingo para os candidatos do Vestibular 2021 da UEL. De acordo com informações da Coordenadoria de Processos Seletivos (COPS), as entradas do Ambulatório Hospital das Clínicas (AHC), da Avenida Castelo Branco e o acesso na PR-445, sentido Cambé-Londrina, estarão liberadas para entrada e saída.

Segundo o diretor administrativo da COPS, Roberto Mantoani, os preparativos para a organização do trânsito no dia da prova foram tratados recentemente em uma reunião no Ministério Público, a pedido da promotora de Justiça Susana de Lacerda. Na ocasião, participaram representantes de vários órgãos municipais e da universidade para pensar em estratégias de realização segura do vestibular nos 75 locais de provas de Londrina.

Campus é o maior local de prova e deve receber 5877 candidatos para a prova deste domingo (30). O acesso aos Centros de Estudos será liberado a partir das 13 horas.

Mantoani afirma que a UEL terá o apoio da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) e da Polícia Militar (PM), que vão disciplinar o trânsito do lado de fora da Universidade. “Nossos Agentes de segurança podem atuar somente no terreno da Universidade. Para o lado de fora, nas entradas, contamos com o apoio das autoridades”, afirma. Ao todo, serão 30 seguranças para organizar o trânsito nas entradas e vias da UEL.

A saída dos candidatos também poderá ser feita pelo portão de acesso ao Jardim Columbia, próximo à Agência de Inovação Tecnológica (AINTEC). No entanto, não será permitido entrar por esse portão. “Pedimos aos candidatos que não o utilizem para entrada”, reforçou Mantoani. 

Ao todo, o Campus deve receber 5877 candidatos para a prova deste domingo, que ocorre das 14h às 19h.

Equipamentos de proteção

As equipes de fiscalização e demais trabalhadores desta edição também vão receber equipamentos de proteção. Mantoani afirma que a universidade dispõe de 5000 face shields para toda a equipe em campo – fiscais, fiscais de corredor, monitores, entre outros. Desse montante, 3000 são da UEL, 1000 vêm de uma doação da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e os 1000 restantes, via doação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Ao todo, trabalharão no vestibular cerca de 4200 envolvidos: fiscais de sala, fiscais de corredor, médicos, zeladores, porteiros, segurança interna e o grupo de coordenadores, monitores e supervisores de segurança responsáveis em cada local de prova. “Então, teremos cerca de 800 equipamentos de reserva”, ressalta.

Limpeza reforçada

Mutirão de limpeza no CCH

A limpeza das salas e Centros de Estudos, vital para evitar a disseminação do novo coronavírus, também foi reforçada em toda extensão do Campus, que abriga oito Centros. O diretor de Serviços da Prefeitura do Campus Universitário (PCU), Daniel Souza de Oliveira Corrêa, explica que os funcionários já estão há 20 dias preparando o Campus para o vestibular.

“O setor de jardinagem já vinha trabalhando há dias. Limpamos as vias, aparamos a grama e mato das áreas de maior circulação. As salas de aula, que estavam fechadas há bastante tempo, estão sendo lavadas pelos funcionários da Divisão de Zeladoria. Até sábado terminaremos esse processo em todos os centros de estudos”, explica Corrêa.

vestibular UEL 2023 inscrição
vestibular UEL 2023 inscrição
Vestibular-2023-uel
Vestibular-2023-uel
previous arrow
next arrow
Leia também