UEL é contemplada com R$ 2,8 milhões em edital de Bolsa Produtividade do CNPq

UEL é contemplada com R$ 2,8 milhões em edital de Bolsa Produtividade do CNPq

Ao todo 45 professores de diversas áreas foram contemplados. Edital prevê pagamentos das bolsas a partir deste mês de março.

O total de 45 professores da UEL foram contemplados pela chamada pública nº 04/2021, Bolsa de Produtividade em Pesquisa, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), que deverá injetar o total de R$ 2,8 milhões em projetos de todas as grandes áreas do conhecimento. O edital prevê o pagamento das bolsas produtividade a partir deste mês de março e contempla 5.636 projetos desenvolvidos em Universidades e Centros de Pesquisa, totalizando cerca de R$ 400 milhões a serem investidos em produção de conhecimento.

Segundo o Diretor de Pesquisa da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (PROPPG) da UEL, Eduardo José de Almeida Araújo, o resultado final representou um grande êxito dos grupos de pesquisa, uma vez que trata-se de chamada extremamente concorrida. “Pesquisadores de todo o país têm a oportunidade de concorrer a este recurso e os que são mais produtivos cientificamente, considerando os critérios de cada área do conhecimento, é que conseguem ser contemplados”, explicou ele.

O resultado representa um ânimo para os pesquisadores que sofreram cortes severos nos últimos anos em recursos disponibilizados à pesquisa pelo Governo Federal. “Essas bolsas produtividade são importantes, mas não repõem os investimentos cortados. O cenário atual continua sendo de contingenciamento de recursos em todas as áreas”.

Ainda de acordo com o diretor, a UEL mantém sua produção acadêmica em número e qualidade porque as publicações dos últimos dois anos foram referentes a estudos realizados anteriormente. Ele destaca que a qualidade dos projetos tem impactado positivamente os Programas de Pós-graduação. “O corpo docente faz um esforço grande para manter esta produção. São horas de dedicação, orientação de estudantes, acompanhamento em coletas de dados, realização ou acompanhamento de análise de dados e auxílio em redação de artigos ou livros para divulgação dos resultados”, detalhou.

Incentivo à pesquisa

Um dos pesquisadores contemplados neste mais novo edital do CNPq é o professor Claudemir Zucareli, do Departamento de Agronomia/Centro de Ciências Agrárias (CCA), que trabalha com Manejo e Tratos Culturais de Culturas de Grãos, orientando mais de 20 estudantes de graduação, pós-graduação, além de estagiários. O professor define a bolsa produtividade como um reconhecimento e incentivo para o pesquisador.

Nesse edital o professor conseguiu elevar um nível e passará a contar com o chamado auxílio bancada, um recurso extra para ser destinado à compra de insumos. “É um dinheiro que acaba retornando para o desenvolvimento dos trabalhos e impactando os alunos envolvidos”, finalizou o professor.  

banner mestrado
banner-03
previous arrow
next arrow
Leia também