Reitoria se reúne com comissão de estudantes favoráveis ao retorno presencial imediato

Reitoria se reúne com comissão de estudantes favoráveis ao retorno presencial imediato

As aulas na UEL foram retomadas dia 24, com retorno presencial escalonado, conforme indicou a Câmara de Graduação.

O reitor Sérgio Carvalho se reuniu na manhã desta sexta-feira (28) com um grupo de estudantes favoráveis ao retorno imediato das atividades acadêmicas presenciais na UEL. A comissão foi indicada pelo grupo de cerca de 40 alunos que participou nesta manhã de uma manifestação que pediu o retorno das aulas presenciais, considerando que a grande maioria está vacinada, o que justificaria iniciar o segundo semestre de 2021 com a presença dos estudantes no Campus. A reunião foi realizada no Gabinete da Reitoria, com a participação do vice-reitor, Décio Sabbatini Barbosa, e da chefe de gabinete, Lisiane Freitas de Freitas.

Na semana passada, a Câmara de Graduação definiu que os Colegiados de Cursos mantivessem em planejamento para o segundo semestre, com o retorno às atividades presenciais de modo escalonado, com adoção do ensino remoto preferencial pelas próximas três semanas. Desde a última segunda-feira (24), quando foi reiniciado o ano letivo 2021, atividades específicas como estágios e de laboratórios estão sendo realizadas presencialmente. Alguns cursos, no entanto, adotaram o retorno presencial escalonado. Turmas foram divididas para garantir o distanciamento. Levantamento da Pró-reitoria de Graduação apontou que cerca de mil e quinhentos alunos iniciaram as aulas presenciais na última segunda-feira.

Representantes dos alunos favoráveis ao retorno presencial foram recebidos pela administração da UEL.

Durante a reunião os estudantes justificaram que o sistema remoto, adotado desde 2020, oferece menor qualidade do que no modo presencial. Eles defenderam que o momento exige que a população conviva com a pandemia, lançando mão de distanciamento, uso de máscara e reforço de hábitos de higiene. Alegaram também o bom volume de vacinados na UEL, em Londrina e no Paraná, tem garantido que os casos de Covid-19 sejam mais leves e com menor mortalidade.

O reitor afirmou entender o sentimento dos estudantes e frisou que a Universidade vem adotando medidas para garantir a segurança. Ele fez um histórico das ações realizadas desde o início da pandemia, em março de 2020, como liberação dos espaços para pesquisa, apoio à comunidade estudantil para garantir o acesso ao ensino remoto e, mais recentemente, levantamento da cobertura vacinal da comunidade universitária e a discussão sobre o retorno presencial nas diversas instâncias da UEL.

Mapeamento mostra quase totalidade de vacinados na comunidade universitária

Medidas sanitárias – O vice-reitor, professor Décio Sabbatini, que preside o sub-grupo de vigilância sanitária e de acompanhamento da Covid-19 da UEL, explicou que hoje (28 de janeiro) a UTI do Hospital Universitário tem 84% de leitos Covid sem ocupação, embora a enfermaria esteja lotada. Segundo ele, os óbitos ocorrem com pessoas com esquema vacinal incompleto ou que apresentem comorbidades. Ele frisou que, diante deste cenário, a orientação do sub-grupo, foi de recomendar o escalonamento do retorno presencial em virtude da sobrecarga das Unidades Básicas de Saúde (UBS).

No final da reunião, o reitor concluiu que o levantamento feito com a comunidade universitária, realizado neste início de ano, demonstrou que mais de 98% dos estudantes, professores e agentes universitários alegaram estar com o esquema vacinal completo. “Esta é uma informação importante que demonstra que nossa comunidade acreditou na ciência. Será um grande diferencial no momento em que todos estiverem de volta ao Campus”, finalizou. Estudantes, professores e servidores ainda podem participar deste levantamento no portal do estudante e do servidor, respectivamente.

Sérgio Carvalho informou à comissão de alunos que haverá uma nova reunião da Câmara de Graduação no próximo dia 8 de fevereiro. Nesta reunião os membros deverão analisar as condições sanitárias e a experiência dos cursos que adotaram atividades presenciais a partir da última segunda-feira.

UEL inicia segundo semestre no dia 24 adotando preferencialmente aulas remotas

vestibular UEL 2023 inscrição
vestibular UEL 2023 inscrição
Vestibular-2023-uel
Vestibular-2023-uel
previous arrow
next arrow
Leia também