UEL e Tecpar planejam ações conjuntas nas áreas de ciência, tecnologia e inovação

UEL e Tecpar planejam ações conjuntas nas áreas de ciência, tecnologia e inovação

O reitor da UEL, Sérgio Carvalho, recebeu o diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado.

Juntar esforços para aproximar o desenvolvimento de projetos científicos e de inovação nas várias áreas do conhecimento, integrando pesquisadores, laboratórios e infraestrutura. A proposta foi discutida nesta terça-feira (22) entre o reitor da UEL, Sérgio Carvalho, e o diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, durante encontro realizado esta manhã, no gabinete da reitoria. Durante a reunião, também foram  debatidas possibilidades de ações conjuntas entre as Agências de Inovação existentes no Tecpar e na Universidade, consideradas as melhores estruturadas da área no Paraná.

O reitor Sérgio Carvalho afirmou que a sinergia entre a Universidade com o Tecpar poderá render bons dividendos para as duas partes. Segundo o reitor, a UEL vive um momento de grande expansão da área, depois da aprovação da Política de Inovação, no ano passado, e da alocação de dois professores junto à Aintec. O objetivo é preparar o cenário interno para o desenvolvimento de projetos de inovação.

Encontro que reuniu representantes da UEL e Tecpar debateu a participação das entidades em editais de fomento para pesquisas.

Para o diretor presidente do Tecpar, a proximidade entre dois grandes produtores de conhecimento e pesquisa abre possibilidades de participação conjunta em editais de fomento e de ações na área da saúde, por exemplo. Ele explicou que iniciativa semelhante foi colocada em prática com a Universidade Estadual de Maringá (UEM), onde existe uma unidade do Tecpar.

No caso de Londrina não há uma unidade do laboratório, o que não impede o desenvolvimento de projetos conjuntos. “Porém não podemos estar desaglutinados”, definiu o diretor-presidente. Após o encontro no gabinete, o diretor fez uma vista formal à Aintec da UEL para conhecer de perto a estrutura da Agência que inclui a Incubadora Internacional de Empresas de Base Tecnológica (INTUEL), o Escritório de Propriedade Intelectual (EPI), o Escritório de Transferência de Tecnologia (ETT) e o Escritório de Design (EDN).

Acordo de Cooperação

O diretor-presidente da Tecpar esteve em Londrina nesta terça-feira para oficializar um acordo com a Prefeitura Municipal com o objetivo de identificar oportunidades de soluções em tecnologias que possam promover o desenvolvimento social, econômico e ambiental. O documento foi assinado nesta terça de manhã, na sede da Prefeitura, durante cerimônia com a participação do prefeito Marcelo Belinati e demais autoridades.

Além de identificar oportunidades, o acordo permitirá observar quais são os principais desafios do município e as instituições que poderão somar competências para a implementação do processo de inovação, pautado pela pesquisa. Caberá à equipe do Tecpar identificar tecnologias existentes que possam atender aos desafios prioritários. Estas tecnologias serão colocadas em um ranking, com a finalidade de apontar a melhor alternativa para as demandas do município.

(Com informações do N.com, da Prefeitura de Londrina)

banner mestrado
banner-03
previous arrow
next arrow
Leia também