Vestibular da UEL em fase única será temático, interdisciplinar, com 50 testes e a redação

Vestibular da UEL em fase única será temático, interdisciplinar, com 50 testes e a redação

Serão 36 questões de Conhecimentos Gerais; 10 de Língua Portuguesa e Literatura e quatro de Língua Estrangeira -Inglês, Espanhol ou Francês.

Os 27.432 inscritos para o Vestibular 2021 da UEL, que será realizado em fase única, no próximo dia 14 de março, seguindo todo o protocolo de segurança, devem observar as recomendações dispostas no Manual do Candidato sobre o modelo excepcional da prova, que será dividida em três partes. Serão 50 questões objetivas e mais a redação com tema único. A UEL oferece 2.564 vagas em 52 cursos de graduação e outras 581 por meio do Sistema de Seleção Unificada (SISU), totalizando 3.145 vagas.

De acordo com a professora Sandra Garcia, da Coordenadoria de Processos Seletivos (COPS), a prova já está concluída e foi preparada por uma equipe de 25 professores de UEL, de todas as disciplinas e adequada ao conteúdo do Ensino Médio. Ela explica que, apesar de ser um modelo excepcional, aplicado em fase única, a alteração não deverá ser sentida pelo vestibulando.

Excepcionalmente, a redação do processo seletivo deste ano terá apenas um tema (FOTO: Arquivo/COMUEL).

A prova permanece temática e interdisciplinar. Serão 36 questões de Conhecimentos Gerais; 10 de Língua Portuguesa e Literatura e quatro de Língua Estrangeira (Inglês, Espanhol ou Francês). A coordenadora da COPS explica que cada questão de Conhecimentos tem o valor de 1,5. O candidato tem que obter no mínimo 26% da pontuação do total de questões e não zerar em nenhuma das partes da prova de Conhecimentos.

Redação – A prova de redação, segundo consta no Manual do Candidato, disponível no portal da Cops, deverá ter um só tema. O vestibulando deverá produzir texto dissertativo e argumentativo a partir de conteúdos verbais e não verbais. De acordo com a professora Sandra, o número máximo e mínimo de linhas será apresentado no enunciado da prova, no dia.

Ela explica que os avaliadores consideram o conhecimento de Língua Portuguesa, leitura, originalidade, ordem sintática, atenção ao modo solicitado, ortografia, pontuação, normas gerais da Língua e vocabulário. “A revista Diálogos Pedagógicos, que está no portal da Cops, apresenta vários modelos de provas de redação comentados. O candidato poderá entender o que se espera de um bom texto”, complementa.

Outra novidade é que os inscritos contarão com cinco horas de duração, uma hora a mais comparado aos Vestibulares anteriores. O ensalamento está em fase final de conclusão. A professora adianta que deverão ser utilizados mais de 70 locais de provas – Centros de Estudos da UEL, no Campus, Universidades, Faculdades e escolas públicas e privadas de Londrina. Tudo está sendo preparado para evitar aglomeração de candidatos e das equipes responsáveis pela aplicação, fiscalização e logística da prova. O resultado final do Vestibular 2021 sai em 30 de abril de 2021, quando será divulgada a lista dos aprovados em 1ª convocação no portal da COPS.

Movimentação – A presidente do Londrina Convention & Visitors Bureau, Daiana Bisognin Lopes afirma que a realização do vestibular presencial da UEL é de extrema importância para a economia de Londrina porque tem potencial para movimentar, em efeito cascata, cerca de 52 segmentos. São motoristas de aplicativos, taxistas, hoteleiros, bares, restaurantes e hotéis. Segundo dados da Cops, dos 27.529 candidatos, apenas 7.572 são de Londrina. Cerca de 8 mil inscritos são do estado de São Paulo. Candidatos de 27 estados brasileiros se inscreveram neste Vestibular.

A expectativa é de que a movimentação de estudantes e familiares possa colaborar para a injeção de novos recursos. Ela explica que 5 mil pessoas de fora que permaneçam em Londrina por um dia podem movimentar cerca R$ 1,5 milhão por meio da utilização de transporte, hospedagem e alimentação. A presidente do Londrina Convention Bureau acredita que o vestibulando vindo de cidades mais distantes poderá ficar até dois na cidade.

“Todo o setor está bastante ansioso porque seremos o último a retornar à atividade normal em virtude da pandemia. Por isso a realização do vestibular é de extrema importância”, define ela. Cálculo apresentado pela entidade no ano passado demonstrou um prejuízo de R$ 11 milhões que deixaram de ser injetados na economia local, somente no primeiro semestre, por conta do cancelamento de 105 eventos por causa da pandemia.

O presidente do Sindicato dos Hotéis, Bares e Similares de Londrina, Alzir Bochi, confirma que, faltando menos de um mês para o Vestibular, 40% dos leitos dos hotéis estão reservados para a data. No entanto ele acredita que nas próximas semanas essa taxa de ocupação pode chegar a 55% do total. Londrina tem hoje 58 hotéis que oferecem 8,5 mil leitos. Segundo o presidente da entidade, muitos vestibulandos de fora são de cidades próximas a Londrina, chegam pela manhã, fazem a prova e retornam para suas casas, sem necessidade de pernoite.

SERVIÇO:

Calendário Vestibular 2021, confira:

Cartão de Inscrição: 08 de março., às 17 horas.

Provas: 14 de março, a partir das 14 horas, com cinco horas de duração.

Resultado: Dia 30 de abril – 1ª convocação – no site da COPS.

Leia também