Curso lembra Dia Internacional da Enfermagem e comemora 49 anos

Curso lembra Dia Internacional da Enfermagem e comemora 49 anos

A cada ano, 60 estudantes ingressam no curso de Enfermagem da UEL, que já formou quase 3 mil profissionais ao longo dos anos.

O Departamento de Enfermagem da UEL, do Centro de Ciências da Saúde (CCS), tem muito o que comemorar neste 12 de maio, Dia Internacional da Enfermagem. São 49 anos de história e de dedicação à formação de enfermeiras e enfermeiros para assistência à saúde. Em tempos de pandemia, as ações dos profissionais se destacam dentro e fora do Hospital Universitário (HU/UEL), garantindo atendimento à população. O momento é também de expectativa e preparação para as comemorações dos 50 anos.

Com início em 1972, o curso de Enfermagem antecede a criação do Sistema Único de Saúde (SUS). Por isso, a atuação dos professores pioneiros é de relevância para a comunidade de Londrina desde sua implantação. Atualmente, o Departamento de Enfermagem conta com 48 professores, distribuídos em oito áreas ligadas à graduação e pós-graduação.

Para a chefe do Departamento de Enfermagem, Renata Perfeito Ribeiro, a grande contribuição do curso é a capacitação. “Temos formados profissionais, graduados e pós-graduados, muito capacitados e que hoje ocupam cargos de destaque regional, nacional e internacional. O mais importante de tudo é formar profissionais para serem capazes de estar tanto na assistência, quanto trabalhar na gestão de qualquer serviço”, afirma.

Curso tem foco na qualificação dos profissionais (Divulgação).

Em Londrina e região, esses enfermeiros e enfermeiras, altamente qualificados, atuam em hospitais públicos e privados, Unidades Básicas de Saúde (UBS) , 17ª Regional de Saúde do Paraná, além dos Serviços de Saúde da Prefeitura, como Vigilância Epidemiológica, Central de Regulação de Leitos, SAMU, Maternidades, Hospital do Câncer, entre outros.

Destaque – Todos os anos, 60 estudantes ingressam no curso de Enfermagem da UEL, que já formou quase 3 mil profissionais ao longo dos 49 anos. A atuação prática em Laboratórios e no HU/UEL, e as aulas teóricas, com professores mestres e doutores, contribuem para a formação dos alunos. O resultado é a consolidação do curso como um dos melhores do país, com nota máxima no Enade 2019 – CONFIRA.

Na pós-graduação, a atuação se divide entre a pesquisa acadêmica e a especialização profissional. Em atividade desde 2010, o Programa de Pós-graduação em Enfermagem já formou 174 mestres e 17 doutores, totalizando 181 pesquisadores. Esta formação qualifica a atuação nos diferentes cenários do sistema de saúde, desde a assistência até a alta gestão.

O Programa de Pós-graduação também ganha destaque com a criação, em 2019, da Revista Advances in Nursing and Health (ANH). O periódico científico divulga a cada semestre pesquisas para contribuição na área da Saúde e da Enfermagem, além do idioma português, também disponibilizado em espanhol e inglês, no formato de publicação contínua.

Já os oito Programas de Residências, implementados gradualmente desde 2005, formaram mais de 350 enfermeiros especialistas. Anualmente, são ofertadas 34 vagas para as seguintes residências: Gerência de serviços de enfermagem, Perioperatória, Urgência e Emergência, Obstetrícia, Saúde da Criança, Neonatal, Cuidados Intensivos, Infectologia.

Atendimento à população

A atuação junto à comunidade londrinenses tem sido intensa neste período de pandemia da Covid-19. Um dos destaques é o projeto de extensão UEL pela Vida, contra o coronavírus, vinculado ao Departamento de Enfermagem, do CCS, que realiza atendimento pelo Disque Coronavírus, em parceria com a Pró-reitoria de Extensão, Cultura e Sociedade (PROEX), Prefeitura de Londrina, e também junto aos idosos que vivem sozinhos ou em instituições de longa permanência.

Com atendimento desde março de 2020, bolsistas e voluntários são responsáveis pelo atendimento da população dos 21 municípios de abrangência da 17ª Regional de Saúde de Londrina. Até agosto do mesmo ano, 5.250 pessoas foram orientadas sobre procedimentos para a prevenção e o controle da Covid-19. 

Segundo Renata Perfeito, diversos docentes, aluno e ex-alunos do curso participam das atividades do projeto. “Estender tudo o que a gente sabe para atender à comunidade neste momento é um retorno. Nós existimos por eles, para cuidar da comunidade”, explica.

50 anos de trajetória

Para o cinquentenário do curso de Enfermagem da UEL, está sendo elaborado um livro com memórias e fatos, a partir de relatos de pessoas que marcaram a história do curso, como professoras pioneiras e outras que tiveram destaque para a profissão. O lançamento está previsto para maio do próximo ano.

Para Renata, que sonha estar nas comemorações dos 100 anos do curso, entrevistar essas pessoas pioneiras é muito relevante para história. “Elas são precursoras e levantaram bandeiras em defesa do curso”, diz. “Vai ser um livro mais humano”, completa.

Como forma de apoiar a finalização da obra, profissionais, ex-alunos e todos que quiserem contribuir, podem “comprar” uma página do livro. Em troca, terão o nome colocado no rodapé da página e ganharão um exemplar.

O Departamento está organizando também uma programação de aniversário para todo o ano de 2022. Serão realizadas ações comemorativas para cada mês do ano, como criação de selo e placa comemorativos, já previstos para janeiro, além de tributo ao egresso da década, lives, vídeos, concurso de frases e outros. Caso a situação epidemiológica sanitária permita, será organizado também um jantar comemorativo em homenagem às docentes aposentadas e título de professor emérito.

Todas as informações sobre o Departamento podem ser acessadas no perfil Enfermagem UEL.

pss professor uel
especializaçao pos uel
isenção vestibular uel
PSS-UEL
especializacao-uel-2022
isencao-vestibular-uel-2023
previous arrow
next arrow
Leia também