Cesa ganha instalação artística em campanha de redução do uso do plástico

Cesa ganha instalação artística em campanha de redução do uso do plástico

Ingressantes de vários cursos confeccionaram obras de arte que demonstram quantos copos plásticos uma pessoa consome em um ano.

Vitor Struck

Agência UEL


Os caminhos para a redução do consumo de copos plásticos de uso único passam por pequenas mudanças de comportamento. Basta deixar à mão uma garrafa d’água e uma caneca para o café ou chá. Mas, por mais simples que pareça, muitas pessoas deixam de aplicar a mudança de hábito, reproduzindo diversas vezes ao dia um movimento que leva segundos, mas cujo processo de decomposição do produto se estende por até quatro séculos. Para chamar a atenção sobre o impacto positivo para o meio ambiente da redução do uso dos copinhos de água e café, ingressantes dos cursos de Administração, Direito, Ciências Contábeis, Economia e Serviço Social confeccionaram obras de arte que demonstram quantos copos plásticos são consumidos por apenas uma pessoa ao longo de um ano. O resultado ficará exposto nos corredores do Centro de Estudos Sociais Aplicados (Cesa) até o dia 12 de agosto.

Coordenado pelo Núcleo Interdisciplinar de Estudos em Resíduos (Ninter) em parceria com os projetos Sala Verde Sibipiruna e UEL com Menos Plástico, a ação movimentou o Calçadão na manhã desta sexta-feira (5). “Em escala, a produção e a utilização do plástico começaram no século passado, foi perto de 1900. Então, temos muito pouco tempo de humanidade com plástico e muitos problemas já gerados para a sociedade e outros tipos de seres vivos que sofrem com o descarte incorreto”, lamenta a coordenadora do Ninter e professora do Departamento de Administração, Lilian Aligleri.

Grande geradora de resíduos, a UEL adquiriu 15 milhões de copos descartáveis somente em 2019, apontou a Pró-Reitoria de Administração e Finanças (Proaf). O dado faz parte de um relatório elaborado pelos membros do Ninter e do projeto “UEL com Menos Plástico”.

Confira as fotos da atividade abaixo:

WhatsAppImage2022-08-05at144658
WhatsAppImage2022-08-05at144708
WhatsAppImage2022-08-05at144652
WhatsAppImage2022-08-05at144706
WhatsAppImage2022-08-05at144655
WhatsAppImage2022-08-05at144700
WhatsAppImage2022-08-05at144703
WhatsAppImage2022-08-05at144705
WhatsAppImage2022-08-05at144704
previous arrow
next arrow

Garrafinhas próprias

O professor do Departamento de Direito Miguel Belinati Picirillo acompanhou os estudantes na atividade. Ele comenta que boa parte dos docentes do Cesa utiliza as próprias garrafas e canecas, de modo que os copos plásticos acabam sendo requisitados mais por visitantes. Embora considere a retirada completa do plástico como algo “difícil”, o docente apoia firmemente a campanha. “Tem muitos professores que têm esse hábito de trazer a garrafinha e é muito importante para o planeta. Eu vejo que retirar completamente da estrutura da Universidade é muito difícil, porque sempre tem um visitante. Mas o importante é que os funcionários, alunos e professores tragam a sua garrafinha”, diz. 

Lúdica e com capacidade para capturar a atenção de milhares de estudantes que circulam pelo Centro todos os dias, a atividade foi aprovada pelo ingressante do curso de Administração João Victor Rodrigues Garcia. “Uma boa ideia porque ajuda a conscientizar e tem até a demonstração ali de quanto é gasto de lixo quando se usa um copo, então muito importante”, diz. 

Os copos utilizados na atividade foram coletados pelos alunos ao longo da Semana de Recepção dos Ingressantes e lavados, até serem trazidos para o Cesa.

vestibular UEL 2023 inscrição
vestibular UEL 2023 inscrição
Vestibular-2023-uel
Vestibular-2023-uel
previous arrow
next arrow
Leia também