UEL é maior contemplada com recursos para pesquisa básica e aplicada do estado

UEL é maior contemplada com recursos para pesquisa básica e aplicada do estado

Instituição foi a maior contemplada na terceira etapa do PBA para Instituições Científicas e Tecnológicas e de Inovação.

José de Arimathéia e Willian Fusaro

Agência UEL


A UEL foi a maior contemplada na terceira etapa da Chamada Pública 09/2021, o Programa Pesquisa Básica e Aplicada para Instituições Científicas e Tecnológicas e de Inovação (ICTs). A Universidade recebeu um total de R$ 954 mil destinados a 62 projetos, um quinto do total de contemplados (302) de 14 instituições. No total foram liberados cerca de R$ 8 milhões.

A maioria dos contemplados da UEL receberá valores perto de R$ 12,4 mil ou R$ 25 mil e se referem a projetos das mais diversas áreas, como Enfermagem, Biologia, Comunicação, Educação Física, Computação, Física, Educação, Química, Medicina Veterinária, Arquitetura e Agronomia.

O objetivo do Edital é promover o fortalecimento da produção científica, tecnológica e de inovação, por meio da concessão de apoio financeiro para a execução de projetos de pesquisa nas áreas do conhecimento que apresentem ligação com os Novos Arranjos de Pesquisa e Inovação (Napi’s) que vêm sendo fomentados, ou às áreas prioritárias identificadas pelo Conselho Paranaense de Ciência.

Para todas as áreas

Segundo o diretor de Pesquisa da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (ProPPG), Eduardo Araujo, o edital, proposto pela Fundação Araucária, estabeleceu como critérios para a divisão das verbas o número total de programas de pós-graduação strictu sensu. Já os projetos selecionados o foram segundo critérios estabelecidos por concorrência interna, como uma tabela de pontuação submetida a cada professor proponente. Os candidatos com a maior pontuação foram selecionados.

Ao todo, segundo Araujo, foram 131 projetos submetidos ao todo, com 62 selecionados. “Esse edital é primordial porque contempla todas as áreas do conhecimento, da pesquisa básica à aplicada, sem distinção. Esses projetos também dão condições para o ingresso de mais estudantes de graduação em projetos de Iniciação Científica (IC), assim como para a produção de dissertações e teses”, avaliou o diretor de Pesquisa.

Tal cenário é importante também para a avaliação de cursos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). “A participação desses alunos em projetos é fundamental para as avaliações.”

vestibular UEL 2023 inscrição
vestibular UEL 2023 inscrição
Vestibular-2023-uel
Vestibular-2023-uel
previous arrow
next arrow
Leia também