UEL estabelece convênio internacional com a Florida Global University (FGU)

UEL estabelece convênio internacional com a Florida Global University (FGU)

Convênio foi oficializado nesta quinta-feira (8), durante reunião virtual com a participação de professores, pesquisadores e representantes das Universidades.

A UEL oficializou nesta quinta-feira (8) um acordo de cooperação com a Florida Global University (FGU) para o desenvolvimento de mobilidade acadêmica, publicações científicas, projetos de pesquisa em rede e para a realização de eventos conjuntos como bancas e congressos internacionais. O convênio foi oficializado durante reunião virtual com a participação de representantes das duas Universidades.

A FGU tem sede em Miami (EUA) e se aproximou da UEL por meio do Departamento de Filosofia – Centro de Letras e Ciências Humanas (CCH) – a partir de atividades desenvolvidas com pesquisadores do Programa de Pós-Graduação, que mantém os cursos de Mestrado e Doutorado.

O reitor da UEL, Sérgio Carvalho, afirmou, durante a cerimônia, que o convênio entre as duas Universidades representa construir uma casa comum. Ele explicou que os acordos internacionais são implantados sempre a partir da disposição dos pesquisadores, que buscam a excelência dos trabalhos desenvolvidos com foco na internacionalização, um processo desafiador, mas fundamental para as Instituições de Ensino Superior se inserirem no mundo globalizado.

A professora Maria Cristina Müller, que integra a Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UEL, explicou que o programa oferece duas linhas de pesquisa (Conhecimento e Subjetividade e Ética e Filosofia Política). A FGU mantém o Politcs Center Academy (PCA) que tem realizado atividades conjuntas com pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UEL (PPGFIL) da UEL, sobretudo com os da linha de Ética e Filosofia Política.

Segundo Maria Cristina, nos últimos dois anos foram realizadas atividades científicas na FGU contando com a participação de pesquisadores da UEL.  A partir deste trabalho conjunto a professora foi convidada a compor o Comité Acadêmico Honorário do Politcs Center Academy da FGU, empossado em dezembro de 2020. Para este ano está prevista uma publicação em Revista Acadêmica da FGU, indexada, em língua espanhola, portuguesa e inglesa e a 11ª edição do Ciclo Hanna Arendt, uma iniciativa do PPGFIL da UEL, que terá a FGU como instituição parceira. O tema do evento será Mulheres na Filosofia.

Um dos nomes confirmados para o ciclo é o da professora Alexandra Panzarelli, representante da FGU, também pesquisadora do Observatório Hannah Arendt/Caracas/Venezuela e do Center for Democracy and Citizenship Studies. A professora fará a palestra “Mulheres e Democracia”, no dia 22 de setembro, como parte da programação oficial do 11º Ciclo Hannah Arendt.

Diplomas estrangeiros

Outro objetivo do convênio oficializado nesta quinta é viabilizar a validação de diplomas estrangeiros, dentro das plataformas oficiais de ambos os países, permitindo que pesquisadores brasileiros possam exercer a atividade nos Estados Unidos e que professores de lá possam atuar em território brasileiro.

Participaram da cerimônia virtual o reitor da FGU, José Gerardo Guarisma Junior e o vice-reitor acadêmico da FGU, René Aguirre Brach. A UEL foi representada pelo reitor, Sérgio Carvalho, pela Diretora do CCH Professora Viviane Furtoso, pelo Assessor de Relações Internacionais, professor Fábio Pitta e pela professora Maria Cristina Müller, Coordenadora do Acordo Específico de Cooperação Científica e Tecnológica entre a UEL e a FGU.

Divulgação do vestibular da UEL - 2021
Leia também